Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2325

Título: Monitorização de tartarugas com sex-ratio dependente da temperatura num mundo em aquecimento: poderão os predadores ajudar-nos?
Autor: Novais, Bruno Miguel da Conceição, 1987-
Orientador: Rebelo, Rui Miguel Borges Sampaio e, 1969-
Catry, Paulo Xavier, 1968-
Palavras-chave: Herpetologia
Tartarugas marinhas
Alterações climáticas - Guiné-Bissau
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: As tartarugas marinhas, tal como outros répteis, são dependentes da temperatura para a determinação do sexo das ninhadas - com temperaturas elevadas são produzidas maioritariamente fêmeas e com temperaturas baixas são produzidos machos. No passado, estes animais eram muitíssimo abundantes, tendo um papel fundamental nos ecossistemas marinhos onde ocorriam. No entanto, têm sofrido um forte declínio dos seus efectivos populacionais, muito devido a ameaças antropogénicas. Mais recentemente, o aquecimento global, além de afectar a dinâmica das praias em resultado do aumento do nível do mar, pode vir a ter efeitos devastadores no sex-ratio dos recém-eclodidos. Como não possuem características externas que possam ser usadas para distinguir o sexo, a sua identificação nas crias de tartarugas marinhas só pode ser feita a partir de estudos histológicos (que continuam a ser o método mais fiável e com taxas de sucesso mais elevadas), mas exigem o sacrifício das crias ou o uso de animais mortos nos ninhos. No entanto, ao longo da viagem do ninho até ao mar muitas crias de tartaruga são predadas por animais como crustáceos, répteis, aves e mamíferos. Com este trabalho pretendeu-se comparar a estrutura de tamanhos e o sex-ratio de de tartarugas verdes, Chelonia mydas, recém-eclodidas e mortas por causas aleatórias, com os mesmos parâmetros de animais mortos por caranguejo-fantasma, Ocypode cursor, usando amostras de 2 anos, de animais incubados em condições climáticas contrastantes na ilha de Poilão, arquipélago dos Bijagós, na Guiné-Bissau. As gónadas destes animais foram recuperadas por dissecção e preparadas para análise histológica. A identificação do sexo a partir das gónadas revelou-se bastante fiável, com uma taxa de sucesso de 80%. Foi demonstrado que é possível usar os cadáveres de tartarugas recém-eclodidas e predadas por este caranguejo para estimar o sex-ratio das posturas de tartaruga-verde.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia da Conservação). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2325
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc090541_tm_Bruno_Novais.pdf2,23 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia