Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2329

Título: Movimentos e actividades dos golfinhos-roazes(Tursiops truncatus) na zona terminal do estuário do Sado e possíveis influências ecológicas
Autor: Ferreira, Maria Cecília Vilhena, 1984-
Orientador: Andrade, Francisco, 1956-
Santos, Manuel Eduardo dos, 1961-
Palavras-chave: Mamíferos aquáticos
Golfinhos
Estuário do Sado - Portugal
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: A comunidade de golfinhos-roazes do estuário do Sado é uma das poucas comunidades residentes de golfinhos na Europa, sendo a única em Portugal Continental. Pretende-se neste trabalho estudar as possíveis influências ecológicas no movimento e nas actividades destes animais na zona terminal do estuário. A recolha de dados foi efectuada a partir de um ponto de observação em terra ao longo de 18 dias entre Agosto e Novembro de 2009. Em 206.5 horas de observação, os golfinhos-roazes foram avistados na área de estudo durante 34.7 horas, correspondentes a 71 scans positivos (scans com golfinhos presentes) utilizados para tratamento estatístico. A análise dos dados foi realizada recorrendo a testes de Kruskal-Wallis, estatística ACTUS2, regressão logística e análise discriminante. As actividades mais frequentemente observadas foram a deslocação (75%) e a alimentação (19%). A regressão logística revelou que a altura da maré é a variável que mais influencia o movimento dos golfinhos-roazes. Pelo menos nesta época do ano, os golfinhos-roazes entram no estuário mais frequentemente no período enchente da maré, abandonando a área de estudo ao final da tarde durante o período vazante. O número mediano de golfinhos na zona terminal do estuário variou significativamente com o ciclo de marés, atingindo o máximo 3 horas após a baixa-mar. Estes resultados parecem sugerir que os golfinhos utilizam as correntes de maré para se deslocarem entre as águas costeiras e o interior do estuário, poupando assim energia com o movimento. Por outro lado, poderão aproveitar-se da previsibilidade das marés e dos movimentos passivos das suas presas, que facilitarão a sua captura. O canal Sul foi o mais frequentado pelos golfinhos, onde foram observados episódios de alimentação, tendo evitado o canal Norte. Este estudo denota assim a importância do estuário para estes animais, sendo essencial que se implementem novas medidas de protecção deste habitat.
The bottlenose dolphin community of the Sado estuary is one of the few resident communities of dolphins in Europe and the only one in mainland Portugal. The aim of this work is to study the possible ecological influences on bottlenose dolphins’ movement and activities near the mouth of the estuary. Observations were carried out from an observation point on land over 18 days between August and November of 2009. During 206.5 hours of observation effort, dolphins were present in the study area for 34.7 hours, and a total of 71 positive scans were used for statistical analysis. Data analysis was done using Kruskal-Wallis tests, ACTUS2, logistic regression and discriminant analysis. Travelling (75%) and feeding (19%) were the most frequently observed activities. Logistic regression results showed that tidal height was the variable that influenced dolphins’ movements the most. At least in this time of year, bottlenose dolphins enter the estuary more frequently during the flood tide, leaving the study area in the afternoon during the ebb tide. The median number of dolphins varied significantly with the tidal cycle, with more dolphins being sighted 3 hours after low water. These results seem to suggest that bottlenose dolphins use the tidal currents to move between the coastal waters and the estuary, thus saving energy with movement. On the other hand, they may take advantage of the predictability of their prey’s movements, which facilitates capture. The South channel was the most frequently used by these dolphins, where several feeding episodes were observed; an avoidance of the North channel was also observed. This study denotes the importance of the estuary to these animals, and the implementation of new protection measures is essential. by these dolphins, where several feeding episodes were observed; an avoidance of the North channel was also observed. This study denotes the importance of the estuary to these animals, and the implementation of new protection measures is essential.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia marinha)Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2329
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc090522_tm_M_Cecilia_Ferreira.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia