Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/23647
Título: Contributos para a compreensão do sucesso da cosmologia do big bang : uma análise themática à luz de Gerald Holton
Autor: Barbosa, João, 1970-
Orientador: Pombo, Olga, 1946-
Palavras-chave: Holton, Gerald James, 1922-
Cosmologia - História
Teoria do Big Bang - História
História da ciência
Teses de doutoramento - 2016
Data de Defesa: 2016
Resumo: Esta dissertação é constituída por duas partes: a primeira, de natureza teórica, incide sobre uma clarificação dos fundamentos conceptuais da análise thematica, ferramenta de análise proposta pelo historiador da ciência Gerald Holton; a segunda, de natureza empírica, refere-se a um estudo de caso que consiste na aplicação da análise thematica à cosmologia contemporânea, incidindo particularmente na questão do sucesso da cosmologia do big bang dentro e fora das suas fronteiras disciplinares. Começa-se por um estudo do corpus textual de Holton, tentando compreender e delimitar o conceito de thema, procurando os themata identificados por Holton nos estudos de caso que desenvolveu no âmbito das ciências físicas e dissecando de forma crítica as teses deste autor acerca das características e dos modos de funcionamento dos themata na produção e na difusão do saber. Desta análise resulta uma taxonomia dos themata, para a qual são aqui propostas duas listas classificativas. Complementando esse estudo do corpus textual de Holton, segue-se um estudo comparativo que envolve outros conceitos propostos por diversos autores do século XX e que, de alguma forma, podem ser relacionados com os themata e com a análise thematica, nomeadamente os conceitos de paradigma, de Thomas Kuhn, de arquétipo, de Carl Jung, de obstáculo epistemológico, de Gaston Bachelard, de episteme, de Michel Foucault, e de Pathosformel, de Aby Warburg. Deste trabalho prévio de clarificação do conceito de thema resulta uma síntese necessariamente provisória que acaba por ser enriquecida pelo estudo de caso aqui proposto e no qual se procura identificar, descrever e compreender os principais themata da cosmologia do big bang com o objetivo de contribuir para a compreensão do seu sucesso. O estudo desenvolve-se pela análise thematica de textos que foram fundamentais na construção da cosmologia do big bang, nomeadamente artigos e livros de Alexandre Friedmann, Georges Lemaître e George Gamow, textos que cobrem três décadas de importantes desenvolvimentos desta cosmologia (1922-1952) e que contêm as suas linhas conceptuais essenciais. A análise thematica destes textos da cosmologia do big bang é complementada pela análise thematica dos dois textos fundadores da sua cosmologia rival, a cosmologia do steady-state, nomeadamente um artigo de H. Bondi e T. Gold e um artigo de Fred Hoyle, ambos publicados em 1948. A análise dos textos de todos estes autores procura identificar e compreender os principais themata envolvidos nas duas cosmologias. Permite também proceder a uma comparação thematica das mesmas, a que se segue uma análise, de um ponto de vista thematico, da intensa disputa que as opôs. O estudo de caso concorre para a busca de possíveis fundamentos thematicos do atual sucesso da cosmologia do big bang, tendo por base uma tripla natureza dos themata – psicológica, transversal e histórica. Aqui se averigua, relativamente aos themata mais relevantes e característicos da cosmologia do big bang, os enraizamentos históricos, as transversalidades disciplinares e epocais, assim como as seduções psicológicas, que podem contribuir favoravelmente para o sucesso desta cosmologia. A conclusão desta dissertação retoma o essencial da clarificação do conceito de thema, desenvolvida e apresentada ao longo da primeira parte, mas acrescenta alguns importantes contributos que o estudo de caso oferece à própria análise thematica: não apenas se confirmam algumas teses de Holton, como também se revelam alguns novos e interessantes aspetos relativamente aos themata e à análise thematica. Além disso, o estudo de caso mostra que há características thematicas na cosmologia do big bang que podem ajudar a compreender o seu grande sucesso, por inscreverem fortemente a cosmologia do big bang em tradições de pensamento bem-sucedidas, assim como no contexto histórico contemporâneo e naquilo que, em termos holtonianos, poderemos entender como estilo de pensamento da nossa época. A análise desenvolvida no estudo de caso revela ainda o contributo desses importantes themata para a atração psicológica e até para um certo fascínio que a hipótese do big bang exerceu e continua atualmente a exercer, quer dentro, quer fora da cosmologia.
This thesis consists of two parts: the first part, theoretical, concerns the clarification of the conceptual foundations of thematic analysis, an analytical tool proposed by the historian of science Gerald Holton; the second part, empirical, is a case study consisting in the application of thematic analysis to the contemporary cosmology, particularly focusing on the question of the success of the big bang cosmology in and out of their disciplinary boundaries. The research begins with a study of the textual corpus of Holton, trying to understand and define the concept of thema, looking for themata identified by Holton in numerous case studies developed within the physical sciences and critically dissecting the theses of this author about features and operating modes of themata in the production and dissemination of knowledge. This analysis results in a taxonomy of themata for which are proposed two classification lists. The study of the textual corpus of Holton is followed by a comparative study involving other concepts proposed by several authors of the twentieth century and that can be somehow related to the themata and the thematic analysis, namely the concepts of paradigm (Thomas Kuhn), archetype (Carl Jung), epistemological obstacle (Gaston Bachelard), episteme (Michel Foucault) and Pathosformel (Aby Warburg). This previous work of clarification of concept of thema results in a necessarily provisional synthesis, enriched by the case study proposed here, which seeks to identify, describe and understand the main themata of the big bang cosmology in order to contribute to the understanding of its success. The study is developed by thematic analysis of texts that were fundamental in building of the big bang cosmology, namely articles and books of Alexander Friedmann, Georges Lemaître and George Gamow, covering three decades of important developments of this cosmology (1922-1952) and containing the essential conceptual lines of this. The thematic analysis of the big bang cosmology texts is complemented by thematic analysis of the two founding texts of his rival cosmology, the steady-state cosmology, namely a H. Bondi and T. Gold article and a Fred Hoyle article, both published in 1948. The analysis of the texts of all these authors seeks to identify and understand the main themata involved in two cosmologies. It also allows a thematic comparison of these cosmologies and an analysis, under a thematic point of view, of the intense dispute which opposed each other. The entire case study contributes to the search for possible thematic foundations of the current success of big bang cosmology based on a threefold nature of themata - psychological, transversal and historical. For the most important and characteristic themata of the big bang cosmology, there are historical rootedness, disciplinary and epochal transversalities, and some psychological seductions that seem to contribute positively to the success of this cosmology. The conclusion of this thesis includes the essential of the clarification of thema developed and presented during the first part, but adds some important contributions offered by the case study to the thematic analysis: in fact, this case study, not only confirm some theses of Holton, but also reveals some new and interesting aspects regarding the themata and the thematic analysis. The case study also shows that there are some thematic features of the big bang cosmology that can help to understand it great success. Indeed, the analysis developed in the case study reveals a set of themata that strongly inscribes the big bang cosmology in successful traditions of thought, as well in the contemporary historical context and in what, in Holton terms, we can name the style of thought of our time. The analysis also reveals the contribution of these important themata for psychological attraction and even a certain fascination that the big bang hypothesis exercised and currently continues to exercise, either within or outside of cosmology.
Descrição: Tese de doutoramento, História e Filosofia das Ciências, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2016
URI: http://hdl.handle.net/10451/23647
Designação: Doutoramento em História e Filosofia das Ciências
Aparece nas colecções:FC - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd072532_td_Joao_Barbosa.pdf3,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.