Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/23958
Título: Cultura e desenvolvimento: o caso de São Tomé e Príncipe
Autor: Barros, Dulcineia Major Luiz de
Orientador: Laborinho, Ana Paula
Palavras-chave: Desenvolvimento económico - São Tomé e Príncipe - Aspectos sociais
Cultura - São Tomé e Príncipe - Aspectos económicos
Política pública - São Tomé e Príncipe
Política cultural - São Tomé e Príncipe
Indústrias culturais - São Tomé e Príncipe
Sociologia cultural - São Tomé e Príncipe
Teses de mestrado - 2015
Data de Defesa: 31-Jul-2015
Resumo: A questão que nos propusemos analisar consiste em perceber como é que a cultura pode ser um fator de desenvolvimento e em que moldes se tem processado. Em primeiro lugar, procuraremos definir o conceito de cultura, tendo em conta as diferentes aceções que tem adquirido ao longo do tempo, para estabelecer o que é que hoje quer dizer “cultura”. No fundo, abordar de que maneira a área da cultura se interliga com outros domínios, tais como os direitos humanos, a educação, a economia, o ambiente. Também procurar debater de que modo estas áreas são fundamentais para a compreensão da noção atual de cultura e como interferem na questão do desenvolvimento. Além disso, abordaremos o papel fundamental das indústrias culturais e criativas para a compreensão do que aqui está em causa. Deste modo, daremos resposta a questões como a forma de a cultura poder ser um fator de criação de emprego, qualificação e formação e como pode ser um impulso à economia. Ao considerar que a cultura tem um caráter pragmático, lançaremos um olhar sobre a realidade de São Tomé e Príncipe, de que analisaremos os principais espaços de criatividade, as principais questões que se conjugam com o fator cultural bem como o papel que lhe é atribuído enquanto um elemento a ter em conta nas políticas públicas. Em suma, pretendemos perceber o que ainda é preciso ser feito, procurando aliar um dos pontos que constituem a chave da cultura em STP – a tradição – às exigências das novas abordagens no setor cultural.
Abstract: We analyze the role of culture as a development factor and how this subject has been addressed. First we define the concept of culture, taking into account the different meanings of it over time, in order to understand what “culture” means nowadays. Indeed, discuss how the cultural sector connects with others areas, such as human rights, education, economy, environment and others, the crucial impact of those areas in understanding the actual notion of culture and how do they interfere in the issue of development. Moreover, we address the fundamental role of cultural and creative industries so as to help to explain the real issue here. So we will be giving answers to questions such as: how culture can be a factor of creating employment? How can it be a boost to the economy? We will look into the specific case of Sao Tome and Principe, considering all the work being done, the existing creative spaces, the role of the culture in the society, and the relevance given to the culture in that country namely in the public policies. In a nutshell, understand what is still to be done, inquiring how requirements of new approaches in the cultural sector level may influence the traditional culture in Sao Tome and Principe.
URI: http://hdl.handle.net/10451/23958
Designação: Mestrado em Cultura e Comunicação
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl198817_tese.pdf2,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.