Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2423

Título: Abundância e diversidade de pequenos roedores mamíferos em habitats marginais numa paisagem rural
Autor: Guilherme, Filipa Isabel Jesus, 1987-
Orientador: Reis, Margarida Santos, 1955-
Palavras-chave: Mamíferos
Roedores
Micromamíferos
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: A intensificação da agricultura tem levado ao declínio generalizado da biodiversidade nas paisagens rurais. Os habitats marginais têm uma relevância crescente neste contexto, actuando como refúgio para diversas espécies de fauna e flora. Os pequenos mamíferos desempenham um papel fulcral nestes ecossistemas e influenciam muitas espécies num nível trófico mais elevado. Pretendeu-se estudar quais os factores que influenciam a abundância e diversidade de pequenos mamíferos nas áreas marginais aos campos agrícolas, na Companhia das Lezírias, Ribatejo. Procedeu-se à armadilhagem de pequenos mamíferos e à caracterização do habitat segundo diversos parâmetros. A riqueza e diversidade específica revelaram-se elevadas nas zonas não intervencionadas e reduzidas nas zonas de montado que sofreram recentemente o impacto do pastoreio. Efectivamente, a abundância total de pequenos mamíferos mostrou uma relação negativa com a intensidade de pastoreio e positiva com o tempo desde a saída do gado, sendo C. russula a espécie mais afectada pelo pastoreio. A acção do pastoreio diminui a qualidade do habitat, causando sobretudo a diminuição da cobertura vegetal. A presença de vegetação alta influencia a abundância de pequenos mamíferos, pois providencia maior disponibilidade de abrigo e alimento, sendo esta relação mais explícita no caso de C. russula. A diversidade de habitats adjacentes não parece influenciar a abundância geral, mas A. sylvaticus é mais abundante em áreas marginais rodeadas por diferentes habitats, sendo favorecido por pinhais e olivais, uma fonte de alimento adicional. A lavra dos terrenos agrícolas parece afectar negativamente toda a comunidade de pequenos mamíferos, enquanto que a colheita afecta sobretudo M. spretus. Os habitats marginais parecem particularmente importantes quando junto de eucaliptais, aliviando o efeito negativo que estes parecem ter sobre a comunidade de micromamíferos, nomeadamente C. russula. Estes resultados acentuam a necessidade de uma gestão adequada destes habitats, de modo a conservar a biodiversidade nas paisagens rurais actuais.
Agricultural intensification has led to a widespread decline of biodiversity in rural landscapes. Marginal habitats have an increasing relevance in this context, acting as a refuge for many species of fauna and flora. Small mammals play a main role in these ecosystems and affect many species in a higher trophic level. This study aims to determine the factors that influence the abundance and diversity of small mammals in marginal areas of arable fields, in Companhia das Lezírias, Ribatejo. Small mammals were captured with live-traps and several habitat variables were measured. Species richness and diversity were higher in less disturbed areas and lower in “montado” areas that had recently been grazed. In fact, the total abundance of small mammals showed to be negatively related with grazing intensity and positively with the time since the cattle left the area, C. russula being the most affected species. Grazing lowers habitat quality, mainly by reducing vegetation cover. The presence of high vegetation influences the abundance of small mammals, providing greater availability of shelter and food, and this relationship is more obvious in the case of C. russula. The diversity of adjacent habitats does not seem to influence the overall abundance, but A. sylvaticus showed to be more abundant in marginal areas surrounded by different habitats, being favored by pine forests and olive groves, an additional food source. Tillage seems to adversely affect the entire community of small mammals, while the harvest affects mostly M. spretus. Marginal habitats seem particularly important when near eucalyptus forests, relieving the negative effect they seem to have on the community of small mammals, in particular C. russula. These results underscore the need for proper management of these habitats in order to maintain biodiversity in nowadays rural landscapes.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia da Conservação). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2423
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc090515_tm_Filipa_Guilherme.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE