Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
FM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2431

Title: Caracterização de uma coorte de recém nascidos de extremo baixo peso ao atingir a idade escolar (6 anos)
Authors: Macedo, Israel João de Jesus, 1959-
Advisor: Rocha, Evangelista, 1947-
Barros, Henrique, 1957-
Keywords: Epidemiologia
Trabalho de parto prematuro
Recém-nascido de muito baixo peso
Crescimento
Criança
Questionários
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Abstract: Foi efectuada a avaliação na idade escolar (6 anos) de uma coorte de recém-nascidos (RN) de extremo baixo peso (EBP) ou muito prematuros (< 28 semanas), nascidos entre 01-01-1998 e 31-12-2002 (5 anos), utilizando um questionário de avaliação de limitações funcionais, necessidade acrescida de serviços de saúde e dependência compensatória relacionados com doenças crónicas (QuiCCC). Ao longo do período de estudo verificou-se uma diminuição significativa das limitações funcionais e tendência para menor necessidade acrescida de serviços de saúde. O factor mais importante na ocorrência de limitações funcionais e dependência compensatória foi a hemorragia intra-ventricular (HIV) grave (grau ³ 3), sendo a sua ausência e de pneumotórax os determinantes da sobrevivência livre de limitações ou dependências. As limitações sugestivas de paralisia cerebral (PC) e consequente dependência de terceiros foi determinada pela existência de leucomalácia periventricular multiquística (LPVQ). Em relação aos modos ventilatórios, a ventilação com pressão positiva intermitente (VPPI), aumentou o risco de recurso acrescido a serviços de saúde (SS), enquanto a ventilação de alta frequência (VAF), pelo contrário, teve um papel protector dos déficites neuro-sensoriais e, limiar, das limitações cognitivas, achados este geralmente contraditórios com os da literatura. A indometacina utilizada na terapêutica da persistência de canal arterial (PCA), foi um factor protector de dependência compensatória e, limiar, da dependência de terceiros. Este efeito parece ser mais abrangente que o referido na literatura, sendo importante esclarecer, em futuros trabalhos, o seu papel em áreas específicas do neurodesenvolvimento. O sexo masculino e a escolaridade do cuidador principal inferior ou igual a 9 anos, foram os factores determinantes de limitações cognitivas, podendo levar a recomendação de actuação especial com estas populações mais vulneráveis. A cohort of extremely low birth weight or very preterm (<28 weeks) newborns, born between 01/01/1998 and 31/12/2002 (5 years), was evaluated at school age (6 years), using a questionnaire for assessment of functional limitations, compensatory dependency needs and increased need of health services above routine, related to chronic diseases (QuiCCC). Throughout the study period there was a significant decrease in functional limitations and a trend toward a decrease in the need for health services. The most important factor in the occurrence of functional limitations and compensatory dependency was severe intraventricular haemorrhage (IVH, grade ≥ 3). The absence of pneumothorax was the determinant of survival free of funcional limitations and dependencies. Limitations suggestive of cerebral palsy and dependence from the caregiver were determined by the existence of periventricular multiquistic leukomalacia. Concerning ventilation modes, intermittent positive pressure ventilation increased the risk of above routine use of health services, while high-frequency ventilation had a protective effect on neuro-sensory deficits and a borderline significance protection from cognitive limitations. These findings are, generally, contradictory with the literature. Indomethacin used in the treatment of patent ductus arteriosus had a protective effect on compensatory dependency needs and a borderline significance protection of dependence from the caregiver. This effect appears to be broader than that referred in the literature and it would be important to address, in future research, their role in specific areas of neurodevelopment. Male sex and caregiver's schooling of 9 years or less, were determinant of cognitive limitations, which may lead to recommendations of special care with these vulnerable populations.
URI: http://hdl.handle.net/10451/2431
Appears in Collections:FM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
600777_Tese_com_Errata.pdfDissertação571.58 kBAdobe PDFView/Open
600777_Slides.pdfApresentação MS PowerPoint1.12 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE