Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2443

Título: Qualidade de vida no trabalho (QVT) e stresse profissional : influência da variável sexo e estudo das relações entre as dimensões da QVT e o stresse profissional
Autor: Vargas, Telma Irina Aleixo
Orientador: Rafael, Manuel, 1962-
Palavras-chave: Qualidade de vida - trabalho
Stress profissional
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: O stresse profissional é um fenómeno reconhecido pelo impacto adverso que tem no bem-estar dos indivíduos no contexto laboral, diminuindo a sua produtividade e satisfação. Por sua vez, a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) é um constructo que lida com o bem-estar dos indivíduos em relação ao seu trabalho, sendo de extrema importância na vida organizacional. O presente estudo visa averiguar a relação existente entre a frequência de cada uma das dimensões da QVT e o stresse profissional, bem como a influência que o sexo exerce na vivência de ambas as variáveis. Os dados utilizados neste estudo resultam da aplicação do Inventário de Qualidade de Vida no Trabalho (Rafael & Lima, 2008b) e do Inventário sobre o Stresse Profissional (Spielberger & Vagg, 1999). A amostra é constituída por 473 adultos empregados, com pelo menos seis meses de experiência profissional. Os resultados obtidos parecem demonstrar que o aumento da frequência das dimensões da QVT contribui para a redução do stresse profissional, uma vez que apresentam uma correlação negativa e significativa entre si. Encontraram-se também diferenças entre sexos na QVT relativamente à progressão na carreira, remuneração e reconhecimento, sugerindo um desfavorecimento das mulheres a este nível, realçando a necessidade de se tentar suprimir estas discrepâncias. Quanto ao stresse profissional, parecem existir diferenças significativas entre os sexos em relação à percepção de ocorrência de acontecimentos específicos causadores de stresse, evidenciando que é uma variável importante a considerar em intervenções que visem a sua prevenção e redução.
Occupational stress is a phenomenon known by its adverse impact on individuals’ well-being in work context, decreasing their productivity and satisfaction. On the other hand, the Quality of Working Life (QWL) is a construct linked with the individuals’ well-being regarding their work, being extremely important in organizational life. The present study seeks to explore the relationship between the frequency of each one of QWL dimensions and the occupational stress as well as the influence that the individual gender has on the perception of both variables frequency. This research data was gathered by the application of the QWL Inventory (Rafael & Lima, 2008b) and the Job Stress Survey (Spielberger & Vagg, 1999). The sample is constituted of 473 working adults, having a minimum of six months of professional experience. The results show that the increase of frequency of the QWL dimensions reduces occupational stress, since it presents a significant and negative relationship to each other. It was also found gender differences at the level of QWL in relation to career development, compensation and recognition, demonstrating a disadvantage of women at this level, stressing the need to try to eliminate these discrepancies. Regarding occupational stress, it was found significant differences between genders in the perception of the frequency of specific events that cause stress, showing that it is an important variable to consider in interventions aimed at prevention and reduction.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2443
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp035819_tm.pdf678,46 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE