Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2496

Title: Padrões relacionais "tóxico-dependentes"
Authors: Batista, Nádia Alexandra Ramires
Advisor: Justo, João Manuel Rosado de Miranda, 1958-
Keywords: Vinculação
Toxicodependência
Parentalidade
Escolaridade
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Abstract: O presente estudo tem como principal objectivo a caracterização de sujeitos toxicodependentes relativamente às qualidades parentais e ao estilo de vinculação, bem como, o estudo da relação entre ambas as variáveis. Para isso, constituíram-se dois grupos, um formado por sujeitos toxicodependentes (N=31) e outro por sujeitos não toxicodependentes (N=34). Na avaliação da qualidade parental recorreu-se ao Parental Bonding Instrument (PBI) e, na avaliação do estilo de vinculação utilizou-se a Escala de Vinculação do Adulto (EVA). Para a recolha de informação específica, foi construído um Questionário Sócio-Demográfico. Os resultados revelam que as diferenças entre os grupos, na qualidade parental, podem ser explicadas pela variável escolaridade. Relativamente às diferenças entre as variáveis relativas ao pai e à mãe, a mãe aparece, em ambas as amostras, como um elemento mais preponderante, cuidador e influente no percurso escolar dos sujeitos. No que se refere ao estilo de vinculação, sujeitos toxicodependentes apresentam maior ansiedade de abandono e menor confiança nos outros, havendo uma predominância de vinculações inseguras. Na comparação da qualidade parental em sujeitos com vinculação segura e vinculação insegura, as diferenças encontradas podem, novamente, ser explicadas pela variável escolaridade. Este estudo vem enfatizar a importância da relação precoce e dos padrões familiares na génese da toxicodependência e na construção de relacionamentos futuros. As implicações clínicas deste trabalho reportam para a prevenção primária, junto das famílias, onde se localiza o foco do problema e, para a visão da escolaridade como promotora do corte simbiótico entre a mãe e a criança e como factor protector do comportamento toxicodependente.
This study has as main objective the characterization of addict subjects concerning parental qualities and attachment style, as well as the study of the relationship between both variables. To do so, were built two groups, one of addict subjects (N = 31) and another by non addict subjects (N = 34). In evaluating the parental quality it was resort to the Parental Bonding Instrument (PBI), and in the assessment of attachment style, we used the Adult Attachment Scale (VAS). To collect specific information, we built a Socio-Demographic Questionnaire. The results show that the differences between the groups in parental quality may be explained by education. Regarding the differences between the variables related to father and mother, the mother appears in both samples, as an element more prominent, influential and caregiver in educational background of the subjects. With regard to attachment style, addict subjects have higher abandonment anxiety and lower trust in the others, with a predominance of insecure attachments. In the comparison of parental quality in subjects with secure attachment and insecure attachment, the differences may be explained again by education. This study has emphasized the importance of early relationship and family patterns in the genesis of addiction and to build future relationships. The clinical implications of this work relate to primary prevention in families, where is the focus of the problem and to the vision of education as a promoter of cutting symbiotic relationship between mother and child and as a protective factor of addict behavior.
Description: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2496
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp035805_tm.PDF859.13 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE