Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/25218
Título: Individualização das campanhas eleitorais antes e depois do resgate: uma comparação entre Grécia e Portugal
Autor: Santana-Pereira, José
Lisi, Marco
Palavras-chave: Personalização da política
Partidos políticos
Líderes políticos
Data: 2016
Editora: Assembleia da República
Citação: Santana Pereira, J., & Lisi, M. (2016). Individualização das campanhas eleitorais antes e depois do resgate: uma comparação entre Grécia e Portugal. In A. Freire, M. Lisi & J. M. L. Viegas (eds.), Representação e Participação Política na Europa em Crise. pp. 55-74) Lisboa: Assembleia da República
Resumo: A personalização da política é uma das principais transformações vividas pelas democracias contemporânea ao longo das últimas décadas. Com a decrescente relevância das clivagens sociais, o enfraquecimento das identidades partidárias e a crise dos partidos políticos, os líderes e os candidatos desempenham um papel fundamental nas democracias representativas, em termos de estruturação do voto e mobilização dos cidadãos, ou nos mecanismos de tomada de decisão (McAllister, 1996; Aarts, Blais e Schmitt, 2012; Helms ,2012). O aumento dos sentimentos antipartidários por parte dos cidadãos é um poderoso incentivo para reduzir a importância da organização partidaria, em favor das personalidades individuais (Farrell, 2006).
URI: http://hdl.handle.net/10451/25218
ISBN: 978-972-556-632-9
Aparece nas colecções:ICS - Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_JSPereira_Individualizacao_CLN.pdf2,85 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.