Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Belas Artes (FBA) >
FBA - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2529

Título: Amor e maternidade : uma mediação artística do elo etérico
Outros títulos: : uma mediação artística do elo etérico
Autor: Telhado, Ana Sofia Pelicano e, 1981-
Orientador: Quaresma, José, 1965-
Palavras-chave: Nozolino, Paulo, 1955-
Amor
Mediaçao artística
Fotografia
Issue Date: 2010
Resumo: In the current era of post-industrialization and exaltation of cyber-technology, what, in the past, (fifty years ago) was natural has now become strange to the western man, thus expanding, through this behaviour, the inversion3 phenomenon. Thus, the “inverted man has, intentionally or not, to make choices that are difficult to harmonize with its natural condition. This thesis aims to challenge two senses of the feminine, a contemporaneous, another bygone (referring to the period before the industrialization of childbirth4) and propose a third conduct as a result of the redemption and the adaptation of the second sense, motherhood and love for the natural law in accordance with today’s science possibilities. The theoretical assumptions presented serve as a basis for further work on this idea behind artistic mediation we perform, namely: the artistic reconfiguration of love that exists in the ether bond between mother and child as the idea of natural law for the preservation of the human being
Numa era actual de pós-industrialização e exaltação da ciber-tecnologia, aquilo que no passado (há cinquenta anos atrás) era natural, tornou-se hoje estranho para o homem ocidental ampliando assim, através desse comportamento, o fenómeno da inversão1. Deste modo o ‘homem invertido’ tem vindo, deliberadamente ou não, a tomar opções que dificilmente se harmonizam com a sua condição ‘natural’. Esta dissertação pretende questionar duas acepções de feminino, uma contemporânea, outra pretérita (referente à época anterior à industrialização do parto2), bem como propor uma terceira conduta como resultado do resgate e da adaptação da segunda acepção, à maternidade, ao amor e à “lei natural”, em conformidade com as possibilidades da ciência hodierna. As hipóteses teóricas apresentadas servirão de base ao aprofundamento desta ideia subjacente à mediação artística que vamos realizar, a saber: a reconfiguração artística do Amor que existe no elo etérico entre mãe e filho enquanto ideia de “lei natural” para a preservação do ser-humano
Descrição: Tese de mestrado, Pintura, Universidade de Lisboa, Faculdade de Belas Artes, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/2529
Appears in Collections:FBA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ULFBA_TES370_CAPA.jpg108,73 kBJPEGView/Open
ULFBA_TES370.pdf53,63 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia