Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2547
Título: A utilização de ferramentas tecnológicas e os processos de aprendizagem : um estudo na introdução à álgebra no 2º ciclo
Autor: Cunha, Cláudia Isabel Ribeiro, 1978-
Orientador: Oliveira, Hélia Margarida Aparício Pintão de, 1965-
Palavras-chave: Tecnologias educativas
Álgebra
Educação matemática
Teses de mestrado - 2010
Data de Defesa: 2010
Resumo: A motivação para a realização deste estudo surgiu da observação de que, em Portugal, existe pouca reflexão sobre o efeito da utilização das tecnologias na aprendizagem dos alunos. As escolas encontram-se cada vez mais bem equipadas ao nível dos materiais tecnológicos disponíveis, mas pouco se reflecte sobre a utilização desses materiais, especialmente ao nível do impacto destes na aprendizagem dos alunos. Com este estudo pretende-se compreender os processos de resolução de tarefas com sequências, de alunos do 5.º ano que fazem uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) em comparação com alunos do mesmo ano de escolaridade que utilizam exclusivamente papel e lápis. Para tal, foi desenhada uma proposta pedagógica no âmbito da área disciplinar de Matemática, que visa o trabalho com sequências e regularidades, e que pretende auxiliar os alunos no desenvolvimento do pensamento algébrico, como forma de preparação para o trabalho algébrico formal do 3.º ciclo. De entre as várias ferramentas tecnológicas disponíveis, este estudo debruça-se sobre a utilização de applets por se considerar que estas permitem uma interactividade que pode ser útil no trabalho com sequências. A metodologia de investigação é de natureza qualitativa, seguindo o paradigma interpretativo. Foi realizada uma experiência de ensino de modo a estudar o conhecimento matemático dos alunos envolvidos, e realizados quatro estudos de caso para possibilitar a recolha intensiva e detalhada dos dados sobre o trabalho dos alunos. A recolha de dados foi efectuada recorrendo ao diário de bordo (complementado com dados obtidos por gravações áudio) e aos documentos produzidos pelos alunos durante a realização das tarefas propostas. Os resultados do estudo mostram que a utilização de applets em tarefas de exploração de sequências permite um trabalho mais rápido e autónomo por parte dos alunos. No entanto, a análise das sequências também se torna mais superficial, o que pode limitar as capacidades de generalização dos alunos, pelo que é necessário que a utilização da applet seja acompanhada de um conjunto de questões que obriguem os alunos a aprofundar a exploração da sequência.
The motivation for this study came from the observation that, in Portugal, there is little discussion on the effect of using technology in students learning. Schools are increasingly better equipped with technological resources available, but still there is little a lack of reflection about the use of these resources, particularly how these impact students learning. This study aims to understand the processes of solving tasks with sequences, of 5th grade students who make use of Information and Communication Technology (ICT) in comparison to students of the same grade who use only paper and pencil. For this purpose, it was designed a pedagogical proposal in Mathematics, which involves the work with sequences and regularities, and aims to assist students in the development of algebraic thinking, as preparation for the formal work in Algebra in the 3th cycle. Among the various technological tools, this study focuses on the use of applets, because it was felt that it permits an interactivity that could be useful in the work with sequences. The research methodology is qualitative in nature, following the interpretive paradigm. It has been developed a teaching experiment in order to study the mathematical knowledge of the students involved, and conducted four case studies to allow intensive and detailed collection of data on students' work. Data collection was performed using the logbook, supplemented with information from audio recordings, and the documents produced by students in the carrying out tasks. The study results show that when students use applets in the exploration of sequences, they work more quickly and independently. However, sequence analysis also becomes more shallow, which might limit the possibility for students to generalise. Therefore, it is necessary that the use of the applet is accompanied by a set of questions that require students a deeper exploration of the sequence.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (TIC e Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2547
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfp035767_tm_applet6.pdf135,68 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfp035767_tm_applet4.pdf129,74 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfp035767_tm_applet3.pdf139,25 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfp035767_tm_applet2b_index.pdf10,77 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfp035767_tm_applet2a_spot_problems.jar.original58,31 kBJARVer/Abrir
ulfp035767_tm_applet1.pdf192,65 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfp035767_tm_tese.pdfTese3,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.