Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2554
Título: Ciganos em Portugal : educação e género
Autor: Caré, Maria Júlia Gomes Henriques, 1954-
Orientador: Marchand, Helena d'Orey, 1948-
Palavras-chave: Ciganos - Portugal
Multiculturalismo
Género
Teses de mestrado - 2010
Data de Defesa: 2010
Resumo: Esta dissertação debruça-se sobre a temática de Educação e Género na Etnia Cigana em Portugal, a partir da análise de conteúdo de uma amostra das Audições Parlamentares sobre os ciganos, ocorridas na Assembleia da República entre os meses de Junho e Outubro de 2008, e de um relatório de visitas ao terreno a contextos habitacionais desta etnia, em que a autora deste trabalho participou como deputada, e onde foram ouvidos cidadãos ciganos e não ciganos sobre as condições de vida desta etnia, em relação às temáticas da Educação, Integração Espacial/Habitação e Acesso ao Trabalho/Emprego/Formação Profissional, informação contida num Relatório Parlamentar (2009). O objectivo geral é o estudo da educação e género na etnia cigana em Portugal. Os objectivos específicos são (1) analisar em que medida variáveis como o acesso a uma habitação condigna, a uma profissão, a existência de estereótipos, preconceitos e representações sociais podem ter influência na educação nesta etnia e (2) entender o contexto da educação das meninas, percepcionado como apresentando níveis muito fracos de escolarização. A amostra é constituída por vinte e quatro cidadãos portugueses auditados: nove de etnia cigana, quatro do sexo feminino e cinco do sexo masculino, e quinze lusos, nove do sexo feminino e seis do sexo masculino. A metodologia usada foi a Análise de Conteúdo, por se adequar à natureza da informação a tratar, i.e., discursos dos auditados, caracterizados pela não directividade. A análise de conteúdo da amostra e o tratamento do relatório da visitas ao terreno mostrou resultados consensuais entre os auditados ciganos e lusos: a importância da educação formal, o impacto das questões da habitação, do não/emprego, da ineficácia da formação profissional e das desigualdades sociais na educação, o respeito pela diversidade cultural, a necessidade de respostas educativas diferenciadas pela escola; mas também mereceu concordância, o peso da tradição na educação da mulher cigana, o papel da defesa da virgindade feminina, o casamento precoce das meninas e o estigma dos casamentos cruzados como factores responsáveis pelo abandono escolar e consequente fraca escolarização no feminino. A consciencialização da necessidade de mudança, nas questões de educação, foi igualmente manifestada, de um modo particular, pelas auditadas da etnia cigana, com vista ao direito à cidadania plena destes cidadãos portugueses.
This dissertation is about the theme, Education and Gender among the Roma people in Portugal. This study is based on the content analysis of a test sample, of the Parliamentary Hearings, which took place in the Portuguese Parliament, between June – October, 2008, and on a written report of visits to Roma’s dwellings, in which the author of this dissertation took part as a Member of the Portuguese Parliament. In these hearings, several Portuguese citizens, of Roma and non-Roma origin were heard, on the subjects related with Education, Housing ant the World of Labour among the Roma people, of which, a Parliamentary Report was written (2009). The general aim is to study the issues of education and gender among the Roma people in Portugal. The specific objectives are (1) to analyze in what way variables like the access to proper housing, to a job, the existence of issues of prejudice, stereotype and social representations may have influence on education among this people, and (2) to understand the context of the education of Roma girls, believed to present very low levels of schooling. The test sample of our work consists of twenty-four Portuguese citizens: nine of Roma origin, four female and five masculine, and fifteen of non-Roma (Lusitanian) origin, nine female and six male. The methodology used was the Content Analysis, more adapted to the kind of information to be treated, non directive Parliamentary Hearings. The content analysis of the test sample and the report of the visits to Roma dwellings showed consensual results among the Roma and non-Roma citizens heard in the Portuguese Parliament: the importance of formal education, the impact of housing issues, joblessness, the failure of professional training and social inequalities in education, the respect for cultural diversity, the need for school alternative solutions. But the pressure of tradition on Roma women’s education, the defense of feminine virginity, the early marriages of girls, the fear of marriages out of the ethnic group, were consensually accepted as responsible for school dropout and consequent poor schooling of girls. The conscious need for change in education issues was particularly expressed by Roma women, bearing the right to full citizenship of the Portuguese Roma citizens in mind.
Descrição: Tese de mestrado, Ciências da Educação (Educação Intercultural), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2554
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfp037384_tm.pdf702,16 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.