Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/26223
Título: Prevalência da falha de implantes numa população de pacientes reabilitados na FMDUL
Autor: Marques, Manuel Duarte
Orientador: Mascarenhas, Paulo, 1973-
Palavras-chave: Implantes dentários
Pacientes
Teses de mestrado - 2016
Data de Defesa: 2016
Resumo: Objetivos: Avaliar a prevalência da falha do implante numa população de pacientes reabilitados entre 2012 e 2015 nas pós graduações de Implantologia e de Periodontologia e Implantes da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa. Adicionalmente estudar a relação entre a marca do implante e o número de falhas que ocorreram, assim como, avaliar qual foi a frequência de falhas precoces e tardias. Materiais e Métodos: Foram analisados os processos de um total de duzentos e noventa e cinco pacientes reabilitados com implantes entre 2012 e 2015. Nestes pacientes foram colocados um total de novecentos e setenta e nove implantes. Sendo que, foi registada a marca do implante, se ele falhou e se esta falha foi precoce ou tardia. Resultados: A prevalência da falha do implante foi de 8,81% a nível do paciente e 3,47% a nível do implante. Não houve diferenças estatisticamente significativas (p <0,05) entre o número de falhas para cada marca. As falhas precoces corresponderam a 56% e as falhas tardias a 44%. Conclusão: A prevalência da falha do implante foi de 8,81% a nível do paciente e 3,47% a nível do implante. A marca não influencia o número de falhas. As falhas precoces são mais frequentes.
Purpose: To evaluate the prevalence of the implant failure in a population of patients rehabilitated from 2012 to 2015 in the post graduations of Implantology and of Periodontology and implants of Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa. Addiotionally, to study the relationship between the brand of the implant and the number of failures that occurred and to evaluate what was the frequency of both early and late failures. Materials and Methods: A total of two hundred and ninety five subjects rehabilitated with implants from 2012 to 2015 were analysed through their files. The number of implants placed were nine hundred and seventy nine. It was registated the brand of the implant, if it failed and if it was an early or late fail. Early failures corresponded to 56% and late failures to 44%. Results: The prevalence of the implant failure was 8.81% at the subject level and 3.47% at the implant level. There were not statistical significant differences (p < 0.05) between the number of failures for each brand. Conclusions: The prevalence of the implant failure was 8.81% at the subject level and 3.47% at the implant level. The implant brand does not influence the number of failures. The early failures were more frequent.
Descrição: Tese de mestrado, Medicina Dentária, Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Dentária, 2016
URI: http://hdl.handle.net/10451/26223
Designação: Mestrado Integrado em Medicina Dentária
Aparece nas colecções:FMD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfmd06024_tm_Manuel_Marques.pdf741,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.