Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2636
Title: Qualidade de vida no trabalho e intenção de turnover : um estudo exploratório sobre a influência das variáveis sexo e idade
Author: Rico, Joana Rita Moreira Vaz
Advisor: Rafael, Manuel, 1962-
Keywords: Psicologia dos recursos humanos
Turnover
Qualidade de vida - trabalho
Teses de mestrado - 2010
Defense Date: 2010
Abstract: Actualmente, a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) é uma temática que tem vindo a ganhar grande relevância devido à sua influência no bem-estar, satisfação, motivação e desempenho dos colaboradores. Por isso, o presente estudo procura analisar a relação existente entre a QVT e a intenção de turnover, assim como analisar a influência das variáveis sexo e idade na QVT e intenção de turnover. Para avaliar a QVT foi aplicado Inventário de Qualidade de Vida no Trabalho (Rafael & Lima, 2007a, 2008a) e os indicadores utilizados por Huang et al., (2007) para medir a intenção de turnover. A amostra é constituída por 473 adultos empregados, com pelo menos seis meses de experiência profissional. Os resultados obtidos demonstram existir uma correlação negativa e significativa entre a QVT e a intenção de turnover, revelam a influência da variável sexo na percepção de QVT e na intenção de turnover, assim como influência da variável idade apenas na intenção de turnover. Apresentam-se também as principais limitações do estudo e sugestões para investigações futuras, reforçando a necessidade de se apostar cada vez mais no desenvolvimento e implementação de programas de QVT.
Nowadays, Quality of Working Life (QWL) is a theme that has gained great importance due to its influence on employees’ well-being, satisfaction, motivation and performance. Therefore, this study analyzes the relationship between QWL and turnover intention, as well as analyses the influence of the variables gender and age on QWL and turnover intention. In order to evaluate QWL has been used the Inventory of Quality of Work Life (Rafael & Lima, 2007a, 2008a), while the indicators referred by Huang et al., (2007) have been examined to measure the turnover intention. The sample consists of 473 working adults, having a minimum of six months of professional experience. The results have shown a negative and significant correlation involving QWL and turnover intention, revealed the influence of gender on the perception of QWL and on turnover intention, as well as the influence of the age only on turnover intention. This study also offers an insight on the primary limitations of this analysis and offers suggestions for future research, highlighting the need to bet more and more in the development and implementation of QWL programs.
Description: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2636
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ulfp037477_tm.pdf460,03 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.