Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Farmácia (FF) >
FF - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2659

Title: Desenvolvimento galénico de uma emulsão fluida com um corticosteróide para aplicação tópica
Authors: Carneiro, Rita Tavares de Almeida
Advisor: Ribeiro, Helena Margarida de Oliveira Marques, 1960-
Keywords: Teses de mestrado
Dermatologia
Farmacotecnia
Tecnologia farmacêutica
Issue Date: 2009
Abstract: A pele é o maior órgão do corpo humano, representando cerca de 10% da massa corporal total. Trata-se de um órgão de protecção por excelência que actua como barreira. Em certos casos, a pele pode encontrar-se alterada sendo a dermatite um exemplo típico dessa alteração, caracterizando-se por um estado inflamatório da pele que pode envolver a epiderme, a derme, ou ambas as camadas. A aplicação tópica de fármacos tem por objectivo a acção local, com exclusão dos efeitos sistémicos causados por penetração profunda, uma vez que a absorção através da pele é fraca para a maioria dos compostos. As lesões inflamatórias mencionadas revelam melhorias significativas após a aplicação tópica de corticosteróides. Actualmente, existem no mercado diversas formas farmacêuticas de aplicação tópica contendo corticosteróides como cremes, pomadas, espumas e loções destinados ao alívio das manifestações inflamatórias e pruriginosas das dermatites. No entanto, apenas as loções podem ser aplicadas em grandes extensões corporais, sendo a sua utilização incómoda, devido à evaporação do solvente (misturas de água e álcoois). Esta tese teve por objectivo inovador o desenvolvimento de uma emulsão fluida contendo um corticosteróide incorporado para o tratamento da dermatite. Esta formulação foi desenvolvida na tentativa de ultrapassar as desvantagens das loções aquando da sua aplicação em grandes extensões corporais e especialmente em crianças. Uma vez que os corticosteróides são fármacos com diferentes graus de potência e aos quais estão associados inúmeros efeitos adversos, neste trabalho, optou-se pela escolha de um corticosteroide de fraca potência bastante utilizado e largamente estudado, a hidrocortisona. Para além do fármaco pretendia-se, também, incluir na formulação componentes de origem lipídica, semelhantes aos componentes naturais da pele, e que se encontram deficitários nas patologias descritas. No desenvolvimento galénico da emulsão seguiram-se as orientações descritas na norma ICH Pharmaceutical Development Q8 bem como os princípios e directrizes das Boas Práticas de Fabrico. Obtiveram-se duas formulações finais com as características pretendidas. Foi elaborado um protocolo de estabilidade, de acordo com as normas da EMEA Guideline on stability testing: stability testing of existing active substances and related finished products; CPMP/QWP/122/02 (EMEA 2007), foram analisadas, em tempos pré determinados, todas as características da formulação passíveis de sofrer alteração ao longo do tempo e de influenciar a qualidade, eficácia e segurança do produto. Este protocolo constou de estudos de estabilidade em tempo real e em condições de estabilidade acelerada (40 ± 2ºC de temperatura e 75 ± 5% de humidade relativa). Pelos resultados obtidos verificou-se que as formulações se apresentam estáveis do ponto de vista físico-químico e microbiológico. Este estudo teve uma duração de 6 meses. Foram também efectuados estudos de permeação cutânea com recurso a células verticais de difusão de Franz, com membranas de origem sintética (silicone) e biológica (pele), tendo-se verificado que a quantidade de hidrocortisona permeada foi inferior a 5%.
The skin, the largest organ in the human body, represents ca. 10% of the total body mass. Due to its morphological characteristics, the skin acts as a barrier to the influx or efflux of chemicals, thereby exerting its body protection function. Dermatitis is an inflammatory condition of the skin involving either the epidermis or the dermis or both. Topical application of medicinal products is intended to elicit a local action, with the exclusion of systemic side effects caused by deep penetration, since skin absorption is not a major process for most of the compounds. This is the case of corticosteroids, whose topical application significantly improves inflammatory lesions. Different corticosteroid containing dosage forms are currently on the market, such as creams, ointments, foams and lotions intended to relieve the inflammatory and pruriginous manifestations of dermatitis. Of those, only lotions can be applied on a large body surface, but at the cost of some discomfort due to solvent (water, alcohol) evaporation. The innovative objective of this thesis is the development of a fluid emulsion containing a corticosteroid for the treatment of the atopic dermatitis conditions as an attempt to overcome the disadvantages associated with the application of lotions to a large skin surface and especially in children. Hydrocortisone was the corticosteroid selected because of its wide use as a low potency well studied corticosteroid. In addition to the active substance, the formulation includes lipid components similar to the natural skin components which are lacking in certain skin conditions such as dermatitis. For the development pharmaceutics of the emulsion, the ICH guideline on “Pharmaceutical development Q8” as well as the Good Manufacturing Practice Guideline was followed. Two final formulations with the intended characteristics were obtained. A stability protocol was established in accordance with the EMEA “Guideline on Stability Testing: Stability Testing of Existing Active Substances and Related Finished Products” CPMP/QWP/122/02 (EMEA 2007). The time course of all the physical, chemical, pharmaceutical and microbiological characteristics affecting the quality, efficacy and safety of the medicinal product has been determined under real time and accelerated conditions (40 ± 2ºC and 75 ± 5% RH). Results show the formulations to be stable for 6 months. In vitro dermal permeation for the final formulation has been studied in vertical Franz diffusion cells, using either a synthetic membrane or human skin. The amount of permeated hydrocortisone was less than 5%.
Description: Tese de mestrado, Farmacotecnia Avançada, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/2659
Appears in Collections:FF - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Mestrado_Rita_Carneiro.pdf2.83 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE