Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/26611
Título: Uma visão interdisciplinar integrada da Taxonomia de Bloom
Autor: Trindade, José Pedro
Bahia, Sara
Mucharreira, Pedro Ribeiro
Palavras-chave: Taxonomia de Bloom
Projeto educativo
Pedagogia inaciana
Aprendizagem cooperativa
Educação artística
Data: 2015
Editora: EDUCA/AFIRSE Portugal
Citação: Trindade, J. P., Bahia, S., & Mucharreira, P. R. (2015). Uma visão interdisciplinar integrada da Taxonomia de Bloom. In Estrela, T. (ed.), Diversidade e Complexidade da Avaliação em Educação e Formação - Contributos da Investigação. Atas do XXII Colóquio da AFIRSE Portugal (pp. 393-401). Lisboa: EDUCA/AFIRSE Portugal.
Resumo: Objetivos: Exemplificar uma aplicação da Taxonomia de Bloom numa atividade interdisciplinar numa escola do ensino privado em Lisboa e avaliar a sua eficácia. Fundamentação: A taxonomia revista de Bloom (Krathwohl, 2002) refere-se a conhecimentos de factos, conceitos, procedimentos e metacognitivos e desenvolve-se a partir da memorização, compreensão e aplicação, até à análise, avaliação e criação. No presente estudo, esta taxonomia procura consubstanciar uma linguagem comum para a clarificação de metas num projeto educativo fundamentado em três eixos: a pedagogia Inaciana, currículo do Mar e a aprendizagem cooperativa. A pedagogia Inaciana tem como base a integração do contexto, experiência, reflexão, ação e avaliação. O currículo do Mar promove valores de respeito e de espiritualidade. A aprendizagem cooperativa implica interdependência de um grupo em torno de um objetivo comum. O exemplo apresentado intitula-se “For.Mar: uma perspectiva espácio-temporal do mar como um Bem Comum” e procurou que os participantes construíssem, desconstruíssem, reconstruíssem e combinassem imagens. A sua conceção e implementação tiveram em conta os domínios da taxonomia de objetivos de Bloom: conhecimento, compreensão, aplicação, análise, avaliação e criação no âmbito da matemática e da educação visual. Metodologia: Os 32 alunos do 3º ciclo que participaram na atividade foram instruídos a representar o Mar como um “Bem Comum”, a evolução do ser humano e o equilíbrio. A formação dos grupos teve em consideração as características dos alunos ao nível da autonomia, ritmo de trabalho, cálculo matemático e raciocínio espacial. Os instrumentos de avaliação utilizados para verificar o impacto da atividade consistiram em provas de visualização, teste de criatividade, questionário de reflexão acerca do processo, grelha de observação, entrevista aos alunos e criatividade do processo e dos produtos finais. Conclusões: Os resultados mostraram melhorias na interiorização de conhecimentos factuais, conceptuais e de procedimento, visualização, criatividade e comunicação de ideias. Na opinião dos alunos a atividade desenvolveu a capacidade crítica e a aceitação das ideias dos pares, bem como a consciência de que todos trabalharam para um objetivo comum. O exemplo apresentado permite mostrar como a presença da taxonomia de Bloom pode ser integrada na sala de aula de forma a produzir um impacto forte no desenvolvimento de alunos.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/26611
ISBN: 978-989-827-225-6
Aparece nas colecções:IE - GIPAE - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Atas_AFIRSE2015_Paper_Trindade_Bahia_Mucharreira.pdf391,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.