Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/26696
Título: A biblioteca escolar e a literacia digital na ótica dos professores
Autor: Monteiro, Anabela de Azevedo, 1963-
Orientador: Costa, Fernando António Albuquerque, 1958-
Palavras-chave: Biblioteca
Tecnologias
Ensino
Divulgação
Aprendizagem
Trabalhos de projeto de mestrado - 2016
Data de Defesa: 2016
Resumo: Uma revolução tecnológica de proporções incomensuráveis alterou profundamente a conceção da dinâmica da sociedade e, subsequentemente, da escola, do seu modo de encarar o saber e a construção do conhecimento. Este microcosmos, muitas vezes referido como o espelho da sociedade, cumpre entre outras missões, a de formar cidadãos, preparando-os para a vida em sociedade. No cerne desta instituição, a biblioteca escolar apresenta-se como um eixo de disseminação de saberes transversais, cimentando a democratização do ensino e o acesso às novas fontes de conhecimento. Limando as assimetrias e exclusões criadas pela sociedade, a biblioteca escolar assume um papel preponderante, o de acautelar a infoexclusão, não só ao permitir a utilização de computadores, o acesso à internet, mas, sobretudo, a divulgação e formação de todos os elementos da comunidade escolar que invistam na sua literacia digital. Afinal, este é o primeiro passo para a fluência tecnológica, palavra passe para a entrada no mundo laboral onde o digital já reina há várias décadas… Neste trabalho projeto com características de estudo de caso, procuramos perceber como um número significativo de professores do terceiro ciclo reagiu a esta mudança, ao nível de praxis pedagógica. Sendo estes docentes os que contactam com adolescentes mais autónomos e supostamente envolvidos na sua aprendizagem de uma forma mais construtiva, quisemos saber o que mudou, quais os obstáculos que encontraram no percurso, bem como as vantagens que encontram na utilização das novas tecnologias. Por fim, e dado que as entrevistas eram semiestruturadas, alguns dos entrevistados partilharam com o investigador a sua conceção de tecnologia, recuando algumas décadas quando o apetrechamento das escolas foi posto em marcha ou baseando-se nas experiências recentes com os alunos. Com este singelo estudo pretendemos diagnosticar o efetivo uso das tecnologias, sendo de salientar que os docentes aderiram à utilização do computador e projetor mas, por outro lado, cumpre-nos alertar para o impacto pouco significativo das novas ferramentas Web, obliterando as suas potencialidades enquanto facilitadoras e motivadoras da aprendizagem. Face ao exposto ao longo do trabalho de projeto, a biblioteca afigura-se com um papel catalisador na mudança de atitudes e perspetivas perante as tecnologias e, inerentemente, das práticas pedagógicas, através da articulação de saberes e disseminação das novas tecnologias junto da comunidade educativa.
A huge technological revolution changed deeply the concept of society dynamics and, as a natural consequence, the school routine, its way of gathering knowledge and how to use it. This microcosm, often referred to as the society mirror, has a function, among other purposes of preparing citizens for an active life in society. In the core of this institution, the school library is the fulcrum and pivot of transversal knowledge, contributing to learning democratization as well as an important key to new sources of knowledge. Struggling against asymmetries created by society itself, the school library represents a very important role, preventing info-exclusion, providing internet access, but mainly through the spread of technology for every person who are interested or require digital literacy. This is the first step for technological fluency, and the key to accessing the professional world since decades ago. In this project, designed as a case study, we tried to figure out how a significant number of teachers reacted to this pedagogical practice change. The teachers I interviewed deal with the more autonomous students who are apparently more involved in their learning process, in a constructive way. So, we want to find out what really changed, which obstacles had to be solved, as well as the benefits of using new technologies. Since the interviews were semi structured, some teachers shared their thoughts and feelings willingly, remembering what happened when computers come to school and their recent experiences with pupils. This modest study is an attempt to understand the real use of technologies at present. Teachers have accepted computers and they use them but we have to acknowledge that few use the new Web tools. They appear to forget how motivating and enabling it can be for learning. Given what has been said, the school library plays an important role in changing attitudes towards technologies and pedagogical practice, by giving access to different kinds of knowledge and new technologies available to the community.
Descrição: Trabalho de projeto de mestrado, Educação (Área de especialização em Educação e Tecnologias Digitais), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2016
URI: http://hdl.handle.net/10451/26696
Designação: Mestrado em Educação
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie051213_tm.pdf1,1 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.