Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2684
Título: Escultura egípcia do império antigo : estatuária e relevos régios e privados (III-IV dinastias)
Autor: Malheiro, Pedro Pinto Ribeiro de Abreu e Lima Pereira, 1969-
Orientador: Araújo, Luís Manuel de, 1949-
Palavras-chave: Escultura egípcia - Antiguidade
Arte egípcia - Antiguidade
Egipto - História - Antiguidade
Teses de doutoramento - 2011
Data de Defesa: 2009
Resumo: A presente tese constitui o resultado de mais de quatro anos de investigação sobre a escultura egípcia do Império Antigo. Ao longo desta época (III-VI dinastias), que durou aproximadamente meio milénio, a par do desenvolvimento e consolidação da realeza, do «Estado», da administração, da economia, da ideologia oficial, da religião e da cultura no país do Nilo, a arte, nas suas diversas modalidades – a arquitectura, com as suas pirâmides, templos funerários e solares e túmulos de dignitários e cortesãos da elite dirigente, e as estátuas, estelas e relevos parietais – também floresceu com extraordinário requinte e qualidade formal, nela se fixando já os típicos cânones plásticos que perdurariam até ao final da civilização faraónica. Nesta dissertação, levouse a cabo um esforço quase ingente de análise e de interpretação, a nível estilístico, iconográfico e iconológico, de centenas de obras de estatuária e relevos, tanto régios como privados. Rastrearam-se as várias etapas evolutivas observáveis nessas peças, bem como o papel e a função que as mesmas assumiram no seu devido contexto arquitectónico e mortuário. A pesquisa efectuou-se com base em abundante bibliografia, na reunião de dados identificativos concernentes a espécimes actualmente dispersos por diversos espólios museológicos do mundo inteiro e nas descobertas arqueológicas e teorias que surgiram desde a década de 80 do século passado até hoje. Que esta abordagem possa contribuir para derramar renovada luz sobre o fenómeno escultórico do antigo Egipto, na sua primeira etapa de grande esplendor civilizacional.
The present thesis constitutes the result of more than four years of research concerning the Egyptian sculpture produced during the Old Kingdom. Throughout this epoch (Dynasties III-VI), besides the development and consolidation of the kingship, the «state», the administration, the economy, the religion and culture in the country of the Nile, the art, in its various manifestations – architecture, with the pyramids, funerary and solar temples and tombs belonging to high-officials of the ruling elite, statues, stelae and wall reliefs – equally flourished with the utmost refinement and formal quality, already announcing the typical figurative canonical characteristics that would last until the very end of the pharaonic civilization. In this dissertation, a hard and exhaustive effort has been made in terms of stylistic and iconographic analysis and iconological interpretation of hundreds of works of statuary and two-dimensional sculpture, both royal and private ones. There was an attempt to establish the major stages in the artistic evolution, as well as to seek a better understanding of the role and function of the sculptures in their architectural and mortuary contexts. The investigation was carried out, based in an abundant bibliography, in the compilation of identifying data of many specimens preserved in museums and private collections spread for all over the world and in the archaeological discoveries and theories that have appeared since the 80s of the past century until nowadays. It is expected that this approach may contribute to shed new light over the sculptural phenomenon of ancient Egypt, particularly in its first age of great splendour.
Descrição: Tese de doutoramento, História (História e Cultura Pré-Clássica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/2684
Aparece nas colecções:FL - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd059579_td_apendice.pdf676,92 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulsd059579_td_tese.pdf8,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.