Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2690

Título: Regulação da satisfação das necessidades de prazer e dor : relações com o bem-estar e distress psicológicos
Autor: Cadilha, Natália Maria Felismina
Orientador: Vasco, António Branco, 1955-
Palavras-chave: Necessidades psicológicas
Prazer
Dor - aspectos psicológicos
Bem-estar psicológico
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: O Modelo de Complementaridade Paradigmática (MCP; Vasco, 2001) é um metamodelo Integrativo em Psicoterapia que postula a importância da regulação constante da satisfação das necessidades, sendo estas apresentadas como um conjunto de sete polaridades dialécticas. Neste modelo, Prazer/Dor é apresentado como um destes sete, e caracteriza-se como objecto principal desta investigação. Para o presente estudo, pretendeu-se, em primeiro lugar, criar um instrumento com o intuito de medir estas duas necessidades, e posteriormente verificar as relações entre este par dialéctico de necessidades e as variáveis bem-estar psicológico e distress psicológico. Para o efeito, utilizou-se o Inventário de Saúde Mental (Ribeiro, 2001). Os resultados comprovam existir uma relação positiva entre prazer e tolerância à dor e bem-estar psicológico, e existir uma relação negativa entre prazer e tolerância à dor e distress psicológico, bem como prazer ter boa capacidade preditiva de bem-estar psicológico e de ausência de distress psicológico. Verifica-se ainda que indivíduos com elevada capacidade de vivência de situações prazenteiras e tolerância à dor reportam maiores níveis de bem-estar psicológico e menores níveis de distress psicológico.
The Paradigmatic Complementary Model (Vasco, 2001) is an integrative model in Psychotherapy which postulates the importance of constant regulation of needs satisfaction, being these needs presented as a set of seven dialectic polarities. In this model, Pleasure/Pain is presented as one of the seven pairs, remaining as the mail goal of this investigation. For the present study, it was meant, first, to build an instrument with the purpose of measuring these two needs, and after to analyze the relations between this dialectic pair of needs and the variables Psychological Well-Being and Psychological Distress. For the purpose, it was used ISM (Ribeiro, 2001). The results show a positive relation between pleasure and pain endurance and psychological well-being, and a negative relation between pleasure and pain endurance and psychological distress, and pleasure as being a good predictor of the presence of psychological well-being and absence of psychological distress. Still, it’s shown that people with strong capacity of experiencing pleasure and enduring pain report bigger levels of psychological well-being and smaller levels of psychological distress.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva, Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2690
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp035824_tm.pdf443,9 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia