Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/26978
Título: An acrylic reline resin loaded with chlorhexidine : exploring the initial concept
Autor: Feliz, Marina Alexandra Antunes
Orientador: Bettencourt, Ana Francisca
Gonçalves, Lídia Maria Diogo
Palavras-chave: Clorexidina
Espectroscopia UV-visivel
Estomatite protética
Kooliner
Libertação controlada
Meio de libertação
Mestrado Integrado - 2015
Percentagem em massa
Resina acrílica
Data de Defesa: 2015
Resumo: Objetivos: A veiculação localizada de fármacos em biomateriais dentários é uma estratégia que tem vindo a ser considerada para tratamento de infeções designadamente por Candida albicans. Neste contexto, tem vindo a surgir interesse em avaliar a incorporação do fármaco clorexidina (CHX) em resinas acrílicas de rebasamento. O principal objetivo deste estudo foi avaliar o perfil de libertação da CHX a partir de diferentes formulações de uma resina acrílica de rebasamento direto, Kooliner (K), constituídas por diferentes percentagens de fármaco (m/m) e em diferentes meios de libertação. Métodos: Foram preparados espécimes da resina K com 2,5; 5,0; 7,5 e 10 % (m/m) de CHX. Os ensaios de libertação foram realizados em água deionizada e saliva artificial (pH 7), sob agitação (300 rpm, 37ºC). A concentração de CHX no meio foi quantificada através de Espectroscopia UV-Visível (c.o = 255 nm). Resultados: Os ensaios de libertação realizados permitiram concluir que a libertação é influenciada pela composição do meio e pela percentagem em massa de CHX incorporada nos espécimes. A maior concentração de CHX foi verificada na água deionizada e maiores percentagens de CHX contribuíram para a libertação de maiores quantidades de fármaco. Verificou-se ainda que apenas uma pequena percentagem de CHX inicialmente incorporada no material foi libertada para o meio. Relevância clínica: Os resultados obtidos neste estudo vêm reforçar a ideia de que a incorporação de CHX em resinas acrílicas de rebasamento poderá ser um potencial sistema de veiculação localizado de fármacos, permitindo a sua libertação no local da infeção com risco mínimo de níveis subterapêuticos ou toxicidade sistémica.
Descrição: Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/26978
Designação: Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas
Aparece nas colecções:FF - Trabalhos Finais de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MICF_Marina_Feliz.pdf412,58 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.