Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2715

Título: As emoções positivas enquanto agente de mudança no paradigma de escrita expressiva
Autor: Pardelha, Telma Iolanda Henriques
Orientador: Marujo, Helena Águeda, 1958-
Palavras-chave: Psicologia positiva
Escrita expressiva
Bem-estar psicológico
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: Escrever sobre acontecimentos emocionalmente significativos tem sido associado a benefícios ao nível da saúde mental e bem-estar psicológico, sendo que a experiência de emoções positivas tem servido, essencialmente, como indicador do progresso psicoterapêutico e da mudança alcançada. Contudo, algumas teorias afirmam que as emoções positivas, mais do que sinalizarem, produzem um funcionamento óptimo, ajudando os indivíduos no processo de elaboração do problema. Assim, a presente investigação convidou dez adolescentes, com idades entre os 12 e os 18 anos, a escreverem sobre um momento especial, em que se sentiram orgulhosos de si e/ou sobre o maior problema que enfrentam, sendo que cinco escreveram primeiro sobre uma experiência emocional positiva e depois a negativa, e dois escreveram apenas sobre esta última. Pretendeu-se explorar de que forma a indução de emoções positivas pode influenciar o processo de escrita subsequente, relativo a um acontecimento emocionalmente perturbador. A existência de um grupo-controlo permitiu aferir o impacto do exercício de escrita no estado de humor dos adolescentes. A realização deste estudo produziu dois tipos de documentos escritos por cada participante: os textos que escreveram e a transcrição da entrevista realizada logo após a elaboração dos mesmos. Ambos foram interpretados recorrendo à metodologia de análise de conteúdo qualitativa. Os resultados sugerem que a experiência de emoções positivas influenciou a forma como os adolescentes pensavam sobre o problema e elaboravam uma estratégia de resolução, mostrando ter efeitos positivos imediatos no seu estado de humor. Conclui-se que, paralelamente aos benefícios associados ao paradigma de escrita expressiva, deve considerar-se o contributo que a experiência de emoções positivas pode ter neste processo, por gerarem mudança e potenciarem esses benefícios, alterando a forma como se pensa sobre o problema, e orientando o pensamento para a criação de soluções, com efeitos positivos imediatos no nível do funcionamento e bem-estar psicológicos.
Writing about an emotional event has been associated to benefits in mental health and psychological well-being, and the experience of positive emotions has been used as an indicator of psychotherapy progress and change. However, according to some theories, positive emotions more than signal also produce optimal functioning, helping individuals in the process of dealing with a problem. In this way, this study has invited ten adolescents, with ages between 12 and 18 years old, to write about a special moment, when they felt proud of themselves and/or write about the biggest problem they deal with. First five of them wrote about a positive emotional experience and next about a negative one, and two of them wrote only about the latter. This study wants to explore how the induction of positive emotions could influence the following write process about an emotional upset event. The presence of a control group allowed checking on the writing exercise’s impact on the adolescences’ mood. This study has resulted in two types of writing documents for each participant: the texts they wrote and the transcription of the interview right after they had finished the writing exercise. Both documents were interpreted according to content analysis method; the results suggested that the experience of positive emotions influenced the way adolescents thought about the problem and how they prepared a coping strategy, showing to have immediately positive effects on their mood. We concluded that in the same way the benefits associated to the expressive writing paradigm, it should be considered the contribution that the experience of positive emotions can have in this process, for generated change and enhancing those same benefits, changing the way of thinking about the problem and directing the thought to create solutions with immediate positive effects on psychological functioning and well-being.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2715
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp037559_tm.pdf712,02 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia