Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2716

Título: O papel mediador da relação líder-membro na relação entre o estilo de liderança transformacional e a coesão da equipa : um estudo com equipas em contexto militar
Autor: Almeida, Joana Filipa Dinis Lourenço de
Orientador: Curral, Luís, 1963-
Palavras-chave: Psicologia dos recursos humanos
Liderança
Trabalho de equipa
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: Um mecanismo pelo qual as organizações aumentam a sua capacidade de adaptação é através da implementação de equipas (Burke, Stagl, Salas, Pierce & Kendall, 2006). Alguns autores defendem que o desempenho destas equipas pode ser optimizado com a existência de um líder eficaz (e.g. Hackman & Wageman, 2005a) e com a coesão da equipa (Cohen & Bailey, 1997). O presente estudo visa explorar a o estilo de liderança transformacional e a coesão da equipa. As hipóteses deste estudo focam-se no papel do estilo de liderança transformacional na coesão da equipa e no papel da LMX como mediadora desta relação. Recorrendo a uma amostra de 66 soldados recrutas da Ota, mediu-se a coesão da equipa (Riordan & Weatherly, 1999), a LMX (Scandura e Graen, 1984) e o estilo de liderança transformacional (Yukl, 1999). Os resultados suportam as hipóteses formuladas.
One mechanism by which organizations are improving their ability to adapt is through the implementation of teams (Burke, Stagl, Salas, Pierce & Kendall, 2006). Some authors argue that the performance of these teams can be optimized with the existence of an effective leader (e.g. Hackman & Wageman, 2005a) and with teams’ cohesiveness (Cohen & Bailey, 1997). The present study explores the transformational leadership style and team’s cohesiveness. The hypothesis of this study focused on the role of transformational leadership style on team’s cohesiveness and the role of LMX as a mediator of this relationship. Using a sample of 66 recruits soldiers from Ota, we measured teams’ cohesiveness (Riordan & Weatherly, 1999), the LMX (Scandura e Graen, 1984) and the transformational leadership style (Yukl, 1999). The results support our hypothesis.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2716
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp037560_tm.pdf386,62 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE