Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/27507
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAntunes, Marília Cristina de Sousa, 1969--
dc.contributor.advisorCaria, Maria Helena-
dc.contributor.authorAparício, Mariana Martins Epifânio Frazão-
dc.date.accessioned2017-04-21T09:43:12Z-
dc.date.available2017-04-21T09:43:12Z-
dc.date.issued2017-
dc.date.submitted2017-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10451/27507-
dc.descriptionTrabalho de projeto de mestrado, Bioestatística, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2017pt_PT
dc.description.abstractPresbycusis or Age-Related Hearing Loss (ARHL) is the most prevalent sensorial impairment in the elderly, affecting more than 30% of people older than 65 years old. This condition has a negative impact on quality of life, which may lead to social isolation and the development of some psychiatric disorders. Although there are several studies based on prevalence of Hearing Loss (HL), only a few studies based on audiogram configurations or HL pattern were made. The main aim of this study was to identify dominant audiogram patterns. Furthermore, based on that a classification procedure was build relying in a sample of 321 individuals aged between 62 and 115 years old. The obtained classification was validated through Principal Component Analysis (PCA) and Linear Discriminant Analysis (LDA) and then compared with audiogram pattern identification procedures existing in the literature. Finally, some statistical models were adjusted to the data in order to investigate the influence of demographic, environmental, medical and genetic factors in both, audiogram pattern and mean quantity of HL. In this study, the overall prevalence of presbycusis was 79.1%, being significantly different among age groups, increasing gradually with aging. The most common audiogram configuration was High Frequency Steeply Sloping (HFSS) (51.2%), followed by High Frequency Gently Sloping (HFGS) (29.6%) and FLAT (14.5%). Through cluster analysis techniques it was possible to identify three distinct groups of audiogram patterns. These patterns were significantly associated with gender and noise exposure. Besides the audiogram pattern, the mean quantity of HL, increases with the age of the individuals. The results suggest the existence of three main audiogram patterns, significantly associated with gender and noise exposure and confirm the positive association between age and HL prevalence or mean amount of HL.pt_PT
dc.description.abstractA Presbiacusia ou Perda Auditiva Associada ao Envelhecimento é a limitação sensorial mais comum, afetando mais de 30% das pessoas com idade superior a 65 anos. Esta condição tem um impacto negativo na qualidade de vida dos indivíduos, podendo levar ao isolamento social e ao desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. Embora existam alguns estudos cujo objetivo tenha sido determinar a prevalência da perda auditiva na população, poucos foram efetuados com o intuito de investigar o padrão de perda ou a configuração do audiograma. O objetivo deste trabalho consistiu na identificação de padrões dominantes de perda auditiva recorrendo à análise de clusters e construção de um procedimento de classificação com base numa amostra de 321 indivíduos com idade compreendida entre os 62 e 115 anos. A classificação obtida foi validada com recurso à análise de componentes principais e à análise discriminante, e posteriormente, comparada com procedimentos de identificação de padrões descritos na literatura. Por fim, foram ajustados alguns modelos estatísticos com o intuito de investigar a influência de fatores demográficos, ambientais, clínicos e genéticos quer nos padrões determinados, quer na perda auditiva média. Neste estudo, a prevalência de presbiacusia foi de 79.1% sendo significativamente diferente entre faixas etárias, verificando-se um aumento gradual com o avançar da idade. A configuração do audiograma mais comum foi a HFSS (51.2%), seguida da HFGS (29.6%) e da FLAT (14.5%). Através de técnicas de análise de clusters foi possível identificar a existência de três grupos distintos de padrões de audiograma. A distribuição dos indivíduos em cada um desses grupos foi associada significativamente ao género e à exposição ao ruído. Independentemente do padrão, verificou-se que a perda auditiva média dependia da idade. Os resultados sugerem a existência de três padrões de presbiacusia, significativamente associados ao género e à exposição ao ruído, e confirmam, a associação positiva existente entre a idade e a ocorrência de perda auditiva ou perda média auditiva.pt_PT
dc.language.isoengpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.subjectAnálise de clusterspt_PT
dc.subjectConfiguração do audiogramapt_PT
dc.subjectPadrão de perda auditivapt_PT
dc.subjectPerda auditivapt_PT
dc.subjectPresbiacusiapt_PT
dc.subjectTrabalhos de projeto de mestrado - 2017pt_PT
dc.titlePresbycusis patterns in the portuguese population: identification and asscociation with epidemiological and genetic factorspt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
thesis.degree.nameMestrado em Bioestatísticapt_PT
dc.subject.fosDepartamento de Estatística e Investigação Operacionalpt_PT
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc121648_tm_Mariana_Aparício.pdf3,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.