Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2770

Título: Base segura : a vinculação no contexto da transição para a idade adulta
Autor: Coutinho, Bárbara Magalhães da Silva Salvador
Orientador: Gonçalves, Bruno, 1950-
Palavras-chave: Vinculação
Transição para a vida adulta
Depressão (psicologia)
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: O processo de transição para a vida adulta é um período de transição fulcral para o desenvolvimento humano. É importante por isso a sua exploração teórica e prática, sendo necessário compreender quais são os factores determinantes para um desenvolvimento bem sucedido. Neste estudo utilizaram-se os marcos da transição para estudar este período da vida humana, explorando a sintomatologia depressiva e os estilos de vinculação. A uma amostra de 78 sujeitos aplicou-se um questionário para avaliar a realização dos marcos de transição, a Escala de Depressão do Center for Epidemiological Studies (CES-D) e o questionário de Experiências em Relações Próximas (ERP). Observou-se uma relação entre a sintomatologia depressiva e o estilo de vinculação inseguro, bem como entre o número de marcos realizado e a escala Evitação. Verificou-se uma relação entre a Preocupação e a Depressão. Não se observaram diferenças estatisticamente significativas na sintomatologia depressiva relativas ao número de marcos realizado, embora se tenham verificado ligações interessantes entre cada marco, a sintomatologia depressiva e as escalas Preocupação e Evitação.
The process that the transition to adulthood involves is of extreme importance for human development. Its theoretical and practical exploration is thus of theoretical and practical interest, providing future understanding of the determining factors for a successful development. This investigation used the transition markers to study this period, exploring possible depressive symptoms and attachment styles. A sample of 78 subjects completed 4 questionnaires: one to access the transition markers underwent by the individual, the Depression Scale of the Center for Epidemiological Studies (CES-D), and the Portuguese version of the Experiences in Close Relationships questionnaire (ERP). The data obtained showed a connection between depressive symptoms and an insecure attachment style, as well as between the number of markers went through and the Avoidance scale. A connection was found between the Anxiety scale and Depression. No differences of statistical significance were found between depressive symptoms and the number of markers, although there were some interesting findings regarding the relationship between each marker, the results in the depression scale and the Anxiety and Avoidance scales.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2770
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp037543_tm.pdf712,4 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia