Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia (FP) >
FP - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2771

Título: As experiências depressivas da personalidade e o auto-conceito na idade adulta avançada
Autor: Sacoto, Carlota Ferreira da Cunha Borges
Orientador: Silva, Maria Eugénia Duarte, 1951-
Palavras-chave: Depressão (psicologia)
Envelhecimento
Personalidade - Psicologia
Auto-conceito
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: O presente estudo foca as experiências depressivas da personalidade como definidas por Blatt e o auto-conceito de mulheres em idade avançada (mais de 60 anos) e tem como principais objectivos: (1) caracterizar as experiências depressivas da sua personalidade (2) caracterizar o respectivo auto-conceito (3) explorar a relação entre os tipos de personalidade e o auto-conceito desenvolvido durante a velhice. Participaram 96 mulheres com idades compreendidas entre os 60 e os 89 anos. Para a análise das experiências depressivas foi utilizado o Questionário de Experiências Depressivas (QED) de Sidney Blatt et al. (1979) adaptado para a população portuguesa por Campos (2000), para avaliar o auto-conceito utilizou-se o Inventário Clínico de Auto-conceito (ICAC) de Vaz Serra (1986) e para a recolha de dados demográficos utilizou-se uma ficha propositadamente concebida para o efeito. Verificou-se que (a) as experiências depressivas predominantes na amostra são características do factor Dependência, (b) a Auto-eficácia é o factor mais elevado do auto-conceito e (c) não existe relação entre as experiências depressivas e as variáveis sócio-demográficas de Estado civil e Com quem vive. Os resultados apontam para a estabilidade do auto-conceito e dos seus factores durante a idade avançada, bem como a tendência para o Auto-criticismo diminuir a Auto-eficácia e a Aceitação Social, não se retirando nenhuma conclusão quando se considera a Dependência. A percepção que estas mulheres têm em relação a sentirem-se capazes de resolver os seus problemas parece ser um factor de protecção nesta fase do desenvolvimento.
The present study on focus the depressive experiences of personality as defined by Blatt and the self-concept in old age women and its main goals are (1) to characterize their depressive experiences (2) to characterize their self-concept and (3) to explore the relationship between both types of personality and the self-concept developed during old age. 96 women between 60 and 89 years old took part in this study. The Questionnaire of Depressive Experiences (DEQ) of Sidney Blatt et al. (1979), adapted to Portuguese population by Campos (2000), was used to assess the depressive experiences, O Inventário Clínico de Auto-conceito (ICAC) of Vaz Serra (1986) was used to evaluate the self-concept and a sheet especially designed for the purpose was used to collect the socio-demographic data. It was found that (a) the dominate experiences in the sample are characteristic of Dependency, (b) the highest self-concept factor is Self-eficacy and (c) there is no evidence of relationship between the depressive experiences and demographic variables for Marital status and With whom they live. The results point to an over the time stability of the self-concept and its factors in old age and to the tendency of Self-criticism to diminishing Self-eficacy and Social-acceptance, while it is not possible to reach any conclusion when Dependency is considered. The perception of being able to solve their problems seems to be a buffer (protective factor) in this stage of development.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2771
Appears in Collections:FP - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp037538_tm_anexos.pdfAnexos79,87 kBAdobe PDFView/Open
ulfp037538_tm_tese.pdfTese622,56 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia