Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/27770
Título: Diálogos no Feminino. Antologia Poética Maria Pawlikowska-Jasnorzewska – Florbela Espanca / Dialogi kobiece. Antologia Poezji Maria Pawlikowska-Jasnorzewska – Florbela Espanca
Autor: Cieszynska, Beata
Silva, Fabio Mario da
Kalewska, Anna
Farra, Maria Lúcia Dal
Borowski, Gabriel
Data: 2017
Editora: Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, CLEPUL
Resumo: De acordo com as últimas tendências do comparativismo europeu (que responde à urgência da Europa contemporânea em aproximar os seus pontos opostos através do encontro e conhecimento) organizamos uma antologia poética das obras das escritoras Florbela Espanca (1984-1930) e Maria Pawlikowska-Jasnorzewska (1981-1945), notando um diálogo com temáticas muito parecidas dessas mulheres pioneiras nas letras europeias do começo do século XX que, efetivamente, mantêm entre si uma sintonia no “feminino”. Ou seja, as poetisas encarnam uma voz poética com uma força reivindicadora patente através de um rigor formal e sensualidade ousada, como marcas identitárias de quebra de paradigmas e de resistência à situação de alienação da mulher. Elas firmam-se, assim, como precursoras na luta pelos direitos de acesso à representação do prazer erótico na literatura (algo negado e condenado dentro de sociedades que se erigiram sob a bandeira da moral judaico-cristã) e não apenas, já que as autoras surgem dentro de um contexto literário – tanto em Portugal, quanto na Polónia dentro de um certo anacronismo no feminismo – contra o panorama dessa “mesmice”, resultado da pacífica submissão da mulher aos modelos socioculturais que a sociedade lhe impunha. Tais poemas estão carregados de sinestesias que servem de dispositivo à expressão sensual e não apenas: os discursos presentes nas obras destas mulheres escritoras revelam a forma de uma prática social, um modo de acção, moldados a partir de uma visão de mundo que até então era permitida apenas a vozes masculinas, demonstrando uma certa face feminista, como assim se refere Elzbieta Hurnikowa (2000) sobre a poetisa Maria Pawlikowska-Jasnorzewska, identidade essa que também faz parte da poetisa portuguesa. Por isso, Florbela e Maria articulam, entre outros tantos enfoques, a relação entre o corpo e a escrita, porque na metáfora da escrita a mulher participaria demonstrando sua própria forma
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/27770
ISBN: 978-989-8814-61-6
Aparece nas colecções:FL - CLEPUL - Livros e Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diálogos no Feminino.pdf2,93 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.