Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/27783
Título: Para uma reconstrução do processo de neolitização em Portugal.
Autor: Soares, Joaquina
Data: 1996
Editora: Edições Colibri; Faculdade de Letras de Lisboa, Instituto de Arqueologia
Citação: Soares, J. (1996). Para uma reconstrução do processo de neolitização em Portugal. Ophiussa. Revista do Instituto de Arqueologia da Faculdade de Letras de Lisboa, 0. Lisboa: Edições Colibri; Faculdade de Letras de Lisboa, Instituto de Arqueologia. pp. 39-50.
Resumo: A autora perspectiva o processo de neolitização no território português segundo um modelo de desequilíbrio demográfico-ecológico e de intensificação económica. Esse desequilíbrio ter-se-ia agravado durante o Atlântico, entre a 2ª metade do VII e meados do VI milénio cal BC, levando as comunidades do Mesolítico final do Sul de Portugal a adoptarem estratégias de intensificação económica, integrantes de uma economia de caça-recolecção-armazenamento. Essas populações, de economia proto-neolítica e com crescentes índices de sociabilidade e de sedentarização, assimilaram as primeiras inovações neolíticas, de feição mediterrânea, a partir de meados do VI milénio cal BC. O processo de difusão das primeiras formas de produção de alimentos poderá ter-se desenvolvido por osmose cultural, de acordo com as redes de contactos inter-grupais pré-existentes e o desenvolvimento interno das comunidades mesolíticas, sem recurso ao mecanismo de deslocação de populações; a exogamia teria, neste cenário, papel relevante.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/27783
ISSN: 1645-653X
Aparece nas colecções:UNIARQ - Artigos em Revistas Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
soares_ophiussa_1996.pdf416,56 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.