Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/2789
Título: D. Carlos de Bragança, um Rei que se tornou pioneiro da Oceanografia em Portugal: Recursos para o ensino das ciências
Autor: Faria, Cláudia
Chagas, Isabel
Pereira, Gonçalo
Palavras-chave: Museus de Ciência
Educação em Ciência
Data: Dez-2010
Editora: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Citação: Revista da Educação, Vol. XVII, nº 1, 2010, 83 - 95
Resumo: O caso histórico de D Carlos de Bragança, Rei de Portugal de 1889 a 1908, um Oceanógrafo pioneiro, serve como ponto de partida para a exploração, tanto em contextos formais (ex. sala de aula) como não formais (ex. museu) de temas relacionados com a classificação biológica, métodos de colheita de espécimes e ilustração biológica (desenho por observação). As actividades propostas centram-se no trabalho do Rei D Carlos, que se dedicou ao estudo da fauna costeira Portuguesa, são dirigidas aos alunos de Biologia do Ensino Secundário e ajudam o aluno a desenvolver um conhecimento aprofundado acerca da natureza da ciência e dos métodos de pesquisa, promovendo também uma maior consciência acerca das complexas interacções que se estabelecem entre a ciência e a sociedade. Este conjunto de actividades inclui uma tarefa inicial, em sala de aula, de orientação para o tema, dois workshops desenvolvidos no Aquário Vasco da Gama e uma tarefa final, na sala de aula, de consolidação das aprendizagens. Nas tarefas de sala de aula, os estudantes analisam excertos de documentos históricos originais acerca do trabalho do Rei, com o objectivo de discutir e reflectir acerca da natureza da ciência. No Aquário, os estudantes participam activamente em actividades relacionadas com a classificação biológica e o desenho por observação. Todos os estudantes envolvidos (N=28) consideraram este projecto relevante para a aprendizagem das ciências, referindo não só a sua importância para a aquisição de conhecimentos, como para o aumento da compreensão acerca da natureza da ciência. Como consideração final, salientamos a importância do desenvolvimento de actividades baseadas na história da ciência como um veículo promotor da motivação e de uma efectiva aprendizagem das ciências, assim como para a promoção de uma parceria mais estreita entre as escolas e os museus de ciência.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/2789
Aparece nas colecções:IE - GIDC - Artigos em Revistas Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
fariaetal_RE_2010.pdf133,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.