Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/279
Título: Avaliação da terapêutica potencialmente inapropriada no doente geriátrico
Autor: Soares, Maria Augusta, 1949-
Orientador: Morais, José Augusto Guimarães, 1942-
Fernández-Llimós, Fernando
Palavras-chave: Farmacoterapia - Geriátrica
Saúde pública
Teses de doutoramento - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: O envelhecimento associa-se à polimedicação e consequente risco de redução de segurança da terapêutica nos doentes geriátricos. O objectivo deste trabalho foi analisar e caracterizar o perfil farmacoterapêutico de doentes geriátricos, a sua adequação e segurança. Efectuou-se uma revisão sistemática sobre a utilização de Critérios de prescrição de medicamentos potencialmente inapropriados (MPI), a operacionalização dos critérios de Beers de 2002 face aos medicamentos registados em Portugal e avaliação do perfil terapêutico baseada nos dados de um inquérito a 570 doentes de Farmácias da grande Lisboa. A MPI avaliou-se pelos critérios de Beers de 2002, Zhan e McLeod. As contra-indicações avaliaram-se pelo sistema informático de farmácias (SIF), a adequação da terapêutica pelo Medication Appropriateness Index (MAI), a adesão à terapêutica pela Medida de Adesão à Terapêutica (MAT) e a sua complexidade pelo Medication Regimen Complexity Regimen (MRCI). A revisão sistemática dos 10 estudos incluídos observou uma prevalência elevada de MPI e os critérios mais frequentemente utilizados foram os de Beers. Da operacionalização de Beers-2002, 34 substâncias não estavam registadas e estavam-no 43 não incluídas na versão original. Os 570 doentes estudados possuíam uma média de 4 (SD=2,19) patologias e tomavam 5,3 (SD=2,479) medicamentos. Segundo Beers-2002, 37,0% dos doentes tomavam MPI independentes da doença e 3,7% dependentes da doença, frequências superiores às encontradas com os restantes critérios. Da análise das contra-indicações pelo SIF, 91,6% dos doentes tomavam pelo menos um medicamento contra-indicado. A cotação do MAI apresentou um valor médio de 16,32 (SD=11,374, a do MRCI de 11,9 (SD=6,069) de a adesão à terapêutica pelo MAT de 38,23 (SD=3,266). Concluiu-se que os doentes estudados possuíam uma prevalência de MPI elevada, que a operacionalização de Beers-2002 foi mais sensível que os restantes critérios, que o SIF alertava o farmacêutico para um número excessivo de contra- indicações e segundo os doentes referiram, a adesão à terapêutica era boa apesar da polimedicação. Palavras-chave: terapêutica, medicamentos potencialmente inapropriados, idoso, doente geriátrico, Beers, complexidade, contra-indicações, polimedicação.
Age is associated to polypharmacy and to the increased risk of elderly patient's safety the reduction. The objectives of this study were the analysis and the characterization of the elderly pharmacotherapy, its appropriateness and safety. It was done a systematic review about the used Criteria to evaluate the prescription of the potentially inappropriate medicines (PIM) and the operationalization of the 2002 Beers criteria to the medicines registered in Portugal. The evaluation of 570 elderly patients' pharmacotherapy was based on data from 15 Pharmacies from Lisbon region. The PIM used Beers Criteria from 2002, Zhan and McLeod criteria. It were evaluated the drug-conditions interactions based on an informatics system used in some Portuguese pharmacies (ISP), the appropriateness therapy was evaluated using the Medication Appropriateness Index (MAI), the compliance to drug therapy was evaluated by the Medida de Adesão aos Tratamentos (MAT) and the therapy complexity was evaluated by Medication Regimen Complexity Regimen (MRCI). The systematic review of the included 10 studies found a high prevalence of PIM and the most used criteria were Beers 2002. The operationalization of Beers-2002 criteria found that 34 substances were not approved in Portugal and that 43 substances approved in Portugal were not included in the original Beers-2002. The media number of the diseases was 4 (SD=2.19) and the media number of the taken drugs was 5.3 (SD=2.479). According to the Beers-2002 criteria, 37.0% of the patients took any inappropriate drug disease independent and 3.7% of the patients took any inappropriate drug disease dependent, these frequencies were superior to those found with the others criteria. The analysis of the contra-indicated drugs using the SIF found that 91.6% of the patients were taking any contra-indicated drug. The media of MAI score was 16.32 (SD=11.374) and the media MRCI score was 11.9 (SD=6.069). The compliance score by MAT found a media score of 38.23 (SD=3.266). It was concluded that the studied patients had a high prevalence of PIM, that the Beers-2002 operationalization was more sensitive that the others criteria, that ISP alert excessively the pharmacists about drug-disease interactions and, according to the patients' self reported their compliance was good in spite of their polypharmacy.
Descrição: Tese de doutoramento, Farmácia (Fármaco-epidemiologia), Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000559508
http://hdl.handle.net/10451/279
Aparece nas colecções:FF - Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.

Ferramentas administrativas