Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2820

Título: Visibilidade e descrição
Autor: Pereira, Maria da Conceição Baptista Marques,1961-
Orientador: Feijó, António M.,1952-
Palavras-chave: Literatura
Pintura
Descrição
Narrativa
Filosofia literária
Teses de mestrado - 2000
Issue Date: 2000
Resumo: Este trabalho é uma reflexão sobre a visibilidade e a descrição em pintura e em literatura e não pretende constituir-se como contributo para a(s) teoria(s) subjacente(s) aos assuntos tratados, nem tem como objectivo comparar literatura e pintura. A visibilidade pictórica é abordada na sua relação com o medium deliberadamente mostrado de modo a que a pintura seja vista como pintura e não como representação da realidade. No que diz respeito à visibilidade literária, questiona-se a possibilidade de consecução do efeito da pintura através da literatura. Partindo de “Big Two-Hearted River” de Ernest Hemingway, aborda-se o conceito de descrição vívida, tal como implicações contidas em designações tais como “escrita cénica” e “enunciado pictórico”. Assim, tenta perceber-se até que ponto são lícitas metáforas pictóricas para falar de literatura, e igualmente de que modo a terminologia literária para falar de pintura é usada. Procura definir-se descrição isoladamente e no confronto com a narração, mais extensamente no que diz respeito à narrativa literária, mas também relativamente à pintura.
This dissertation is the outcome of my reflection on visibility and description in painting and in literature. It does not aim at contributing to the many theories involved in the issue or at comparing the two arts. Pictorial visibility is dealt with in its relation to the medium, when deliberately used to show that painting is to be seen as painting and not as a representation of reality. As for literary visibility, the focus is on the possibility of achieving the effects of painting by means of literary writing. “Big Two-hearted River” by Ernest Hemingway is used to discuss the concept of vivid description as well as the implications brought about by such designations as “scenic writing” or “pictorial statement”. Thus, the aim is to achieve a clearer understanding of the use of pictorial metaphors in literary criticism and the use of literary metaphors in art criticism. The attempt is to define description standing on its own or in confrontation to narration both in literary narrative and in painting.
Descrição: Tese de mestrado, Teoria da Literatura, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2000
URI: http://hdl.handle.net/10451/2820
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl00000156139.pdf3,04 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia