Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Ciências Sociais (ICS) >
ICS - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/283

Título: Quem lidera os governos europeus?: a carreira dos primeiros-ministros, 1946-2006
Autor: Guedes, Nuno , 1981-
Orientador: Lobo, Marina Costa, 1972-
Palavras-chave: Política comparada
Políticos
Primeiros ministros
Elites
Governo
Liderança
Instituições democráticas
Regimes políticos
Partidos
Teses de mestrado
Europa
Issue Date: 2008
Resumo: Fundamental em qualquer sistema político europeu, o primeiro-ministro é, no entanto, um dos componentes menos estudados de forma sistemática na Ciência Política. A tese que a seguir se apresenta tem como principal objectivo perceber quem são os líderes de governo da União Europeia. Não apenas do ponto de vista sócio-demográfico e de carreira política, mas também explorando o poder que reúnem. No entanto, vamos mais longe. Partindo do pressuposto de que as instituições contam, tentamos perceber de que forma essas carreiras são influenciadas por uma série de diferenças na forma como estão organizadas as democracias europeias. Mais uma vez, as conclusões apontam para uma forte influência das instituições, não apenas do ponto de vista dos regimes parlamentares ou semi-presidenciais, mas sobretudo do poder do chefe de Estado e do parlamento, que afectam de forma contrária o recrutamento dos líderes de governo. Por outras palavras, primeiros-ministros com origem em democracias organizadas de forma diversa tendem a ter perfis e carreiras diferentes. Pelo contrário, as ideologias dos partidos principais gatekeepers dos líderes não afectam de forma significativa o seu recrutamento. Os dados revelados reúnem informação sobre os primeiros-ministros de 15 países da União Europeia que tomaram posse entre 1946 e 2006, e parecem confirmar ainda a chamada lei da desproporcionalidade crescente . Ou seja, a falta de representação das características da população entre a elite cresce à medida que aumenta a importância do cargo, com o sexo masculino e educação superior de praticamente todos os líderes europeus a serem os principais factores que os distinguem.
Fundamental in any European political system, the prime minister is, however, one of the positions less studied in a systematic way in Political Science. The thesis presented has the main aim of realizing who are the government leaders of the European Union. Not just from the socio-demographic point of view and political career, but also exploring the power they have. However, we go further. Assuming that institutions matter, we try to understand how these careers are influenced by a number of differences in the way that European democracies are organized. Again, the findings show a strong influence of institutions, not just from the parliamentary or semi-presidential perspective, but especially related to the powers of the head of state and parliament. The both affect in a opposite way the recruitment of government leaders. Prime ministers from democracies organized in different manners tend to have different profiles and careers. On the contrary, the ideologies of the parties, the key gatekeepers of the leaders, do not affect in a significant way his recruitment. The data revealed gather information about prime ministers of 15 countries of the European Union who took office between 1946 and 2006, and it still seems to confirm the "law of increasing disproportion". In other words, the lack of representation of the characteristics of the population in the elite grows as increases the importance of the post, with the masculine sex and superior education of almost all European leaders to be the main factors that distinguish them.
Descrição: Tese de mestrado em Política Comparada (Cidadania e Instituições Políticas), apresentada à Universidade de Lisboa, através do Instituto de Ciências Sociais em 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/283
Appears in Collections:ICS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
16300_TesedeMestradovers00E3ofinal.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE