Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2922
Title: Formação cívica e interculturalidade : um estudo de investigação-acção
Author: Pereira, Maria Adelaide Valério Carrapiço Serra, 1960-
Advisor: Freire, Isabel Pimenta, 1952-
Keywords: Educação intercultural
Formação cívica
Investigação-acção
Teses de mestrado - 2010
Defense Date: 2010
Abstract: O presente estudo foi realizado numa Escola Secundária pública, do concelho de Oeiras, numa turma multicultural do 9º ano do Ensino Básico, enquadra-se no âmbito da área de Formação Cívica e consistiu no desenvolvimento de um projecto de intervenção assente em estratégias interculturais. A finalidade da investigação consistiu em verificar o possível contributo da área de Formação Cívica para o (re)conhecimento e a aceitação de Si e dos Outros, promovendo, assim, uma sociedade mais justa e um mundo melhor numa vivência intercultural e pretendeu: i) conhecer a auto-imagem/estatuto social percebido que o aluno tem no grupo/turma; ii) identificar situações e factores de discriminação e factores que as sustentam (etnia, classe social, género, sucesso/insucesso escolar…); iii) equacionar estratégias de promoção de relações interpessoais e de educação intercultural. Para a concretização destes objectivos, escolhemos uma metodologia de Investigação-Acção e seguimos um procedimento sequencial e em espiral de diagnóstico, planificação, intervenção e avaliação/reflexão. A análise dos dados qualitativos e quantitativos indicou existirem efeitos favoráveis da intervenção, traduzidos na expansão de sentido de identidade pessoal e colectiva, melhoria do auto-conceito, das atitudes e comportamentos dos alunos. Confirmou-se, assim, que a área de Formação Cívica é um espaço privilegiado de educação intercultural, desde que sejam utilizados dispositivos pedagógicos diferenciados adequados à diversidade dos alunos em geral e à especificidade de cada um em particular.
This study was conducted in a public secondary school, in the municipality of Oeiras, withy a multicultural group of the 9th year of primary education, falls within the ambit of Civic Education and consisted in developing a project of intervention based on intercultural strategy. The purpose of the investigation was to check the possible contribution of Civic Education for the (re)knowledge and the acceptance of self and of others, thus promoting a fairer society and a better world in an intercultural experience and aimed to: I) know the self-image/social status perceived that the student has in the group/class; II) identify situations and discrimination factors and factors that underpin (ethnicity, social class, gender, success/failure at school …); III) consider promotion strategies of interpersonal relations and intercultural education. To meet these objectives, we chose an action-research methodology and followed a sequential procedure and thickenings of diagnosis, planning, intervention and evaluation/reflection. The analysis of qualitative and quantitative data indicated the existence of favourable intervention, translated in expansion of sense of personal and collective identity, self improvement concept, attitudes and behaviours of students. It was confirmed that the Civic Education is a special area of intercultural education, if differentiated teaching devices are suited to the diversity of students in general and to the specificity of each one in particular.
Description: Tese de mestrado, Ciências da Educação (Educação Intercultural), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/2922
Appears in Collections:IE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ulfp037594_tm_tese.pdfTese6,24 MBAdobe PDFView/Open
ulfp037594_tm_Anexo8.ppsxAnexo 81,58 MBMicrosoft PowerpointView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.