Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/29234
Título: Envolvimento de educadores de infância angolanos: Adaptação da Utrecht Work Engagement Scale e da escala de representações dos professores acerca dos comportamentos de cidadania docente
Autor: Borges, Genoveva
Veiga, Feliciano
Palavras-chave: Envolvimento de educadores de infância
Angola
Escalas de avaliação
Validação
Data: 2016
Editora: Universidade de Lisboa, Instituto de Educação
Citação: Borges, G., & Veiga, F. H. (2016). Envolvimento de educadores de infância angolanos: Adaptação da Utrecht work engagement scale e da escala de representações dos professores acerca dos comportamentos de cidadania docente. In F. H. Veiga (Coord.), Envolvimento dos alunos na escola: Perspetivas da psicologia e educação - Motivação para o desempenho académico / Students' engagement in school: Perspectives of psychology and education - Motivation for academic performance (pp. 418-436). Lisboa: Universidade de Lisboa, Instituto de Educação.
Resumo: O envolvimento dos educadores de infância tem-se tornado essencial numa época, em que tanto a procura quanto a oferta de serviços de assistência à primeira infância é muito elevada. Por forma a caracterizar o envolvimento dos educadores de infância em efetivo serviço em infantários da rede pública e privada de três províncias de Angola (Benguela, Kuanza-sul e Luanda), foi aplicada uma metodologia que inclui a Utrecht Work Engagement Scale (UWES), na sua adaptação portuguesa (Angst, Benevides- Pereira & Porto-Martins, 2009; Frade, 2015) e a Escala de Representações dos Professores acerca dos seus Comportamentos de Cidadania Docente (ERP-CCID), de Rego (2001), com posteriores estudos de adaptação de Gonçalves e Veiga (2006), e de Fonseca (2009). O trabalho aqui descrito pretende apresentar o processo de validação das escalas utilizadas, denominadas Escala de Avaliação do Envolvimento de Educadores de Infância (EAE-EI1) e Escala de Avaliação do Envolvimento de Educadores de Infância – Comportamento (EAE-EI2), depois da sua aplicação a uma amostra de 198 educadores de infância. O estudo psicométrico das escalas abrangeu a análise fatorial de componentes principais com rotação varimax e a determinação dos coeficientes de fiabilidade. Destacam-se as dimensões vigor, dedicação (ViDe) e absorção (Abso) com uma variância total explicada de 55,96%, e a interpessoalidade (Inter) e consciência pedagógica e participação (CoPart) com uma variância total explicada de 71,97%. A validade externa das escalas foi também avaliada, tendo-se verificado importantes associações, destacando-se a correlação entre as dimensões ViDe e Inter. As análises apresentadas revelaram-se sólidas, realçando as qualidades das escalas e a sua utilidade para a pesquisa no âmbito da educação, destacando-se a aplicação ao contexto dos educadores de infância angolanos.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/29234
ISBN: 978-989-8753-34-2
Versão do Editor: http://www.ie.ulisboa.pt/investigacao/publicacoes/envolvimento-dos-alunos-na-escola-perspetivas-da-psicologia-e-educacao-motivacao-para-o-desempenho-academico
Aparece nas colecções:IE - GIPE - Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
E-book_418-436.pdf249,26 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.