Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2973

Título: Ensinar e aprender a pensar : um programa para apoio a alunos com baixo rendimento escolar
Autor: Salema, Maria Helena
Orientador: Valente, Maria Odete, 1943-
Palavras-chave: Rendimento dos alunos
Programas de recuperação
Compreensão textual
Metacognição
Ensino
Aprendizagem
Formação de professores
Teses de doutoramento - 1996
Issue Date: 1996
Resumo: Centra-se este estudo na concepção, na estruturação, na aplicação e na avaliação de um programa de apoio para alunos com baixo rendimento escolar, intencionalmente organizado em função de uma aprendizagem e de um ensino sistemático e explícito de competências do pensar de ordem superior, responsáveis pela realização de tarefas escolares, e consideradas per-tinentes como ferramenta mental para todo o currículo. Concebe-se e estrutura-se um programa de apoio, para alunos com baixo rendimento escolar, infundido no currículo existente no 2º ciclo do Ensino Básico, em Língua Portuguesa, centrado em quatro dimensões do pensar - a compreensão, a composição, a metacognição e as disposições positivas em relação ao pensar - por forma a que os alunos desenvolvam um de-sempenho cognitivo adequado e eficaz na aprendizagem escolar ao longo do currículo. Desenvolve-se este programa ao longo de sessões de formação, durante o ano lectivo de 1991/92, com sete professoras efectivas de duas escolas da área de Lisboa, através de um processo de formação organizado na base de pressupostos da supervisão de adultos reflexivos. Aplica-se o programa a um grupo de 46 alunos do 6º ano, com baixo rendimento es-colar em Língua Portuguesa, distribuídos por sete turmas de apoio educativo, uma por profes-sora, com uma sobrecarga horária de duas horas por semana. Descreve-se e avalia-se o impacte deste programa a nível dos efeitos na compreensão textual, na produção textual, na metacognição, nas disposições em relação ao pensar e nas disciplinas regulares, após a intervenção e, de novo, um ano mais tarde. Demonstra-se que este grupo de alunos recupera na compreensão e na produção tex-tual, desenvolve processos metacognitivos e disposições positivas em relação ao pensar. Demonstra-se, também, que este grupo de alunos recupera em Língua Portuguesa e que os efeitos perduram no ano lectivo seguinte. Avalia-se o impacte da formação recebida pelas professoras, numa perspectiva explo-ratória e complementar, e constata-se que estas desenvolvem dinâmicas e competências que permitiram uma implementação adequada e contextualizada do programa.
Descrição: Tese de doutoramento em Educação (Pedagogia), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, Departamento de Educação, 1996
URI: http://hdl.handle.net/10451/2973
Appears in Collections:FC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia