Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/2973

Título: Ensinar e aprender a pensar : um programa para apoio a alunos com baixo rendimento escolar
Autor: Salema, Maria Helena
Orientador: Valente, Maria Odete, 1943-
Palavras-chave: Rendimento dos alunos
Programas de recuperação
Compreensão textual
Metacognição
Ensino
Aprendizagem
Formação de professores
Teses de doutoramento - 1996
Issue Date: 1996
Resumo: Centra-se este estudo na concepção, na estruturação, na aplicação e na avaliação de um programa de apoio para alunos com baixo rendimento escolar, intencionalmente organizado em função de uma aprendizagem e de um ensino sistemático e explícito de competências do pensar de ordem superior, responsáveis pela realização de tarefas escolares, e consideradas per-tinentes como ferramenta mental para todo o currículo. Concebe-se e estrutura-se um programa de apoio, para alunos com baixo rendimento escolar, infundido no currículo existente no 2º ciclo do Ensino Básico, em Língua Portuguesa, centrado em quatro dimensões do pensar - a compreensão, a composição, a metacognição e as disposições positivas em relação ao pensar - por forma a que os alunos desenvolvam um de-sempenho cognitivo adequado e eficaz na aprendizagem escolar ao longo do currículo. Desenvolve-se este programa ao longo de sessões de formação, durante o ano lectivo de 1991/92, com sete professoras efectivas de duas escolas da área de Lisboa, através de um processo de formação organizado na base de pressupostos da supervisão de adultos reflexivos. Aplica-se o programa a um grupo de 46 alunos do 6º ano, com baixo rendimento es-colar em Língua Portuguesa, distribuídos por sete turmas de apoio educativo, uma por profes-sora, com uma sobrecarga horária de duas horas por semana. Descreve-se e avalia-se o impacte deste programa a nível dos efeitos na compreensão textual, na produção textual, na metacognição, nas disposições em relação ao pensar e nas disciplinas regulares, após a intervenção e, de novo, um ano mais tarde. Demonstra-se que este grupo de alunos recupera na compreensão e na produção tex-tual, desenvolve processos metacognitivos e disposições positivas em relação ao pensar. Demonstra-se, também, que este grupo de alunos recupera em Língua Portuguesa e que os efeitos perduram no ano lectivo seguinte. Avalia-se o impacte da formação recebida pelas professoras, numa perspectiva explo-ratória e complementar, e constata-se que estas desenvolvem dinâmicas e competências que permitiram uma implementação adequada e contextualizada do programa.
Descrição: Tese de doutoramento em Educação (Pedagogia), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, Departamento de Educação, 1996
URI: http://hdl.handle.net/10451/2973
Appears in Collections:FC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia