Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
Departamento de Educação (FC-DE) >
Centro de Investigação em Educação (FC-DE-CIE) >
GI Didáctica da Matemática (FC-DE-CIE-GIDM) >
FC-DE-CIE-GIDM - Artigos em Revistas Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3035

Título: Orientações curriculares para o ensino da estatística: Análise comparativa de três países
Autor: Ponte, João Pedro da
Fonseca, Helena
Palavras-chave: Ensino da Estatística
Statistics teaching
Currículo
Curriculum
Estudos comparativos
Comparative studies
Issue Date: 2001
Editora: Associação dos Professores de Matemática
Citação: Ponte, J. P., & Fonseca, H. (2001). Orientações curriculares para o ensino da estatística: Análise comparativa de três países. Quadrante, 10(1), 93-115.
Resumo: Em Portugal, a estatística é um tema recente do currículo, havendo diversas perspectivas para o seu ensino. Uns, valorizam, sobretudo, os aspectos matemáticos da estatística, outros, dão especial importância ao seu uso na análise e interpretação de dados, e outros, ainda, realçam o seu papel como linguagem de descrição da realidade. O presente artigo analisa os objectivos, conteúdos e orientações metodológicas relativamente a este tema e discute a sua importância curricular. Recorre a uma metodologia de análise documental, estudando as tendências internacionais e comparando o currículo português com o da Inglaterra e dos Estados Unidos da América. Esta comparação mostra que o currículo português confere proeminência aos aspectos matemáticos, nomeadamente os conceitos, cálculos e outros procedimentos e que o currículo inglês oficial e a organização americana do NCTM colocam em primeiro plano a análise de dados. Enquanto que, em Portugal, a estatística é vista como um capítulo da matemática, de importância menor, na Inglaterra e nos Estados Unidos ela é encarada como um tema autónomo que suporta a realização de investigações sobre problemas actuais. O artigo conclui que currículo português deveria assumir que a estatística é um elemento fundamental da formação para a cidadania, evitando centrar-se, sobretudo, nos aspectos representacionais e computacionais.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/3035
ISSN: 0872-3915
Appears in Collections:FC-DE-CIE-GIDM - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
01-Ponte-Fonseca Quadrante.pdf105,92 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia