Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/30527
Título: Os ossos trabalhados do Castro da Azougada (Moura, Portugal)
Autor: Nabais, Mariana
Soares, Rui
Palavras-chave: Osso trabalhado
Tecnologia óssea
Castro da Azougada
Idade do Ferro
Moura
Worked bone
Bone technology
Iron Age
Data: 2017
Editora: Associação dos Arqueólogos Portugueses
Citação: Nabais, M., & Soares, R. (2017). Os ossos trabalhados do Castro da Azougada (Moura, Portugal). In J. M. Arnaud & A. Martins (Eds.), Arqueologia em Portugal / 2017 – Estado da Questão (pp. 263-301). Lisboa: Associação dos Arqueólogos Portugueses.
Resumo: O Castro da Azougada é um sítio tipo “monte” dedicado à exploração agropecuária e recursos fluviais, implantando-se na margem esquerda da foz do rio Ardila, na margem esquerda do Guadiana. A cultura material baliza cronologicamente o sítio entre o século V a.C. e a primeira metade do século IV a.C. O espólio de 20 ossos trabalhados recolhidos nas escavações da década de 1940, é inédito e o único caso conhecido para a margem esquerda do Guadiana. O conjunto é constituído por peças trabalhadas utilizando conchas marinhas e restos de mamíferos de dimensão superior à do coelho. A indústria óssea confirma a preconização de actividades pesqueiras, revela uma produção têxtil local e a prática de potenciais actos mágico-religiosos.
Castro da Azougada is a “monte” (= hill) site dedicated to farming and the exploitation of river resources. It is located on the left side of Ardila’s river mouth, on the left side of river Guadiana. Material culture has dated the site between the 5th and the first half of the 4th century b.C. The worked bone assemblage is the only known for the left side of the Guadiana and comprises 20 pieces recovered from the 1940s excavations. The collection is composed by several remains using marine shells and bones of mammals larger than rabbit-size as raw materials. The bone industry confirms that fishing activities, textile production and potential religious practices were done on site.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/30527
ISBN: 978-972-9451-71-3
Aparece nas colecções:UNIARQ - Livros e Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo71_ArqPort_2017.pdf3,93 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.