Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/30700
Título: Um símbolo da vontade republicana de reformar o ensino normal: o edifício da Escola Normal Primária de Lisboa
Autor: Silva, Carlos Manique da
Palavras-chave: Espaço escolar
Escola Normal Primária de Lisboa
Adães Bermudes
Data: Jan-2018
Citação: Silva, C. M. (2018). Um símbolo da vontade republicana de reformar o ensino normal: o edifício da Escola Normal Primária de Lisboa. In N. M. Ferreira, A. Estrela, B. Valente, & R. Covelo (Coords.), O Edifício da Escola Superior de Educação de Lisboa: 100 anos a formar professores: 1916-2016. Ciclo de Conferências (pp 19-36). Lisboa: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Lisboa.
Resumo: A comemoração do centenário do lançamento da primeira pedra do edifício da Escola Normal de Lisboa (1916-2016) constituiu uma oportunidade para aprofundar a história de tão importante e prestigiada instituição de ensino. Nesse sentido, na primeira parte deste texto procuro divisar as consequências da retórica republicana relativamente à necessidade de dotar o país com edifícios escolares condignos. Ao mesmo tempo, interessa-me perceber que (novas) ideias circularam e quem as protagonizou – no fundo, que ideal de escola foi defendido. Num segundo momento, o foco incidirá no edifício da Escola Normal de Lisboa. Justifico, em primeira instância, as razões que levaram à escolha do autor do projeto; analiso, depois, o programa arquitetónico do edifício à luz da Reforma do Ensino Infantil, Primário e Normal de 1911, sem deixar de parte a questão da filiação do mesmo.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/30700
Aparece nas colecções:IE - GIHE - Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Um símbolo da vontade republicana.pdf971,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.