Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3085

Título: Sensibilidade metacognitiva : mecanismos de monitorização e reversão de falsas memórias
Autor: Mendes, David Van der Kellen
Orientador: Marques, Leonel Garcia, 1958-
Palavras-chave: Metacognição
Falsas memórias
Memória humana
Teses de mestrado - 2008
Issue Date: 2008
Resumo: Nas últimas décadas, têm-se alcançado grandes desenvolvimentos na modelação da memória humana, especialmente na memória de reconhecimento. Os modelos actualmente propostos podem ser divididos em dois tipos, os modelos globalistas e os modelos dualistas, ambos capazes de descrever eficazmente a grande maioria dos efeitos encontrados na literatura. Apesar destes desenvolvimentos, os modelos de memória não têm sido capazes de incorporar os mecanismos de monitorização da memória, ignorando inúmeros efeitos de supressão de memórias falsas encontrados na literatura sobre o paradigma DRM. Esta situação ocorre porque a monitorização simplesmente não é contemplada pelos modelos, e pelo facto de que medidas de memória populares como a Teoria de Detecção de Sinal são incapazes de distinguir entre a monitorização das memórias, e a força das memórias. Esta limitação resulta em modelos que não permitem a monitorização e consequentemente, a manifestação de reversões de resposta com uma acuidade acima do acaso. O programa experimental aqui estabelecido procura propor “novas” medidas de monitorização da memória, derivadas da Teoria de Detecção de Sinal Tipo-2, e através destas, identificar os diferentes componentes processuais subjacentes à monitorização da memória. A primeira experiência procura avaliar a acuidade metacognitiva dos indivíduos no paradigma DRM, e identificar os componentes processuais subjacentes desse desempenho. A segunda experiência procura testar a previsão dos modelos de memória em relação à monitorização, assumindo-se uma versão “relaxada” dos modelos, que assume a acumulação de evidências ao longo do tempo. As implicações dos estudos e medidas aqui propostas na investigação em memória de reconhecimento são discutidas.
In the last decades, there has been a tremendous development in memory modelling literature, especially in terms of recognition memory. These models can be divided in two major classes, global models and dualist models, both accounting for most of the phenomenon encountered in the relevant literature. In spite of these developments, memory models haven’t accounted for memory monitoring mechanisms, ignoring the numerous false memory suppression effects encountered in the DRM paradigm literature. This situation occurs because memory monitoring is simply not predicted by the models, and the fact that popular memory measures, like the ones provided by signal detection theory are unable to distinguish between memory monitoring and memory strength. This limitation results in models that don’t allow for memory monitoring, and subsequently, response reversals in memory judgments whose accuracy is above-chance. The proposed experimental program sets out to consider “new” measures of memory monitoring, derived from Type-2 Signal Detection Theory, and through them, highlight the different processes underlying memory monitoring. The first experiment sets out to understand metacognitive accuracy in the DRM paradigm, and to assess the process components underlying the participants’ performance. The second experiment tests the models’ prediction of chance-level monitoring accuracy by assuming a more “relaxed” version that assumes evidence accumulation throughout time, which can theoretically account for the monitoring accuracy results. The implications of the proposed study and measures in future recognition memory research are discussed.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Cognição Social Aplicada), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/3085
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfp037655_tm.pdf486,74 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE