Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
Unidade Orgânica da Educação (FPCE - UOE) >
GI Desenv. Curricular, Avaliação Educ., Tec. Educativas (FPCE-UOE-DCAETE) >
FPCE-UOE-DCAETE- Comunicações e Conferências >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3153

Título: Contributos para um Modelo de Avaliação de Produtos Multimédia Centrado na Participação dos Professores
Autor: Costa, Fernando Albuquerque
Palavras-chave: Avaliação
Multimédia
Professores
Modelo
PEDACTICE
Projecto
Issue Date: Sep-1999
Editora: Universidade de Aveiro
Resumo: A participação dos professores na avaliação de produtos multimédia é aqui considerada como um mecanismo de enriquecimento sucessivo dos próprios professores nomeadamente através da reflexão sobre o seu potencial em termos de exploração pedagógica. Na linha de uma avaliação formadora, os instrumentos de avaliação são entendidos sobretudo como "convites à reflexão sobre o uso que os professores podem fazer do software" (Castañón, 1997) e são utilizados, entre outros, para aumentar a capacidade de reflexão e análise crítica dos professores, bem como para fornecer pistas e sugestões de utilização pedagógica deste tipo de recursos de natureza multimédia. O presente trabalho insere-se nos estudos desenvolvidos em Portugal no âmbito do projecto europeu PEDACTICE "Educational Multimedia in Compulsory School: From Pedagogical Assessment to Product Assessment" (mais informações disponíveis em http://www2.fpce.ul.pt/projectos/pedactice).
Descrição: Constituído por oito diferentes "work packages" e integrando Escolas, Universidades e Empresas de Multimédia de seis países europeus (Espanha, Dinamarca, Alemanha, Portugal, Suécia e Reino Unido), o Projecto PEDACTICE teve, como principais objectivos, a utilização e avaliação de software multimédia educativo e a construção de uma base de dados (European Multimedia Resource Library) que, após os dois anos do projecto, disponibilizasse via internet o produto do trabalho entretanto desenvolvido a todos os potenciais interessados, isto é, professores e alunos, investigadores, produtores de software multimédia, pais e outros educadores, especialistas em Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), formadores de professores, responsáveis e decisores educacionais, etc. Essa base de dados visava dar conta das diferentes vertentes estudadas no âmbito do projecto, desde a reflexão sobre o conceito de eficiência no uso das tecnologias multimédia até à proposta de modelos de formação de professores na área das TIC, passando pela discussão sobre as competências dos professores ou pelos resultados propriamente ditos da avaliação de produtos. Esperava-se que fosse um sistema poderoso de consulta que respondesse às necessidades e expectativas dos seus potenciais utilizadores, nomeadamente dos professores, a quem deveria fornecer informação rica, autêntica e útil que lhes permitisse uma utilização pedagógica crítica e eficiente de software multimédia. Responder à escassez de estudos sistemáticos sobre a utilização pedagógica de aplicações multimédia, à evidente falta de produtos nomeadamente para satisfazer necessidades específicas do currículo e da aprendizagem, e, em termos de avaliação, à quase ausência de padrões de qualidade, foram alguns dos desafios com que nos confrontámos e para os quais contámos com o empenho e a determinação, nomeadamente, de professores e alunos das escolas envolvidas. Em termos específicos, o produto do trabalho desenvolvido visava constituir um importante contributo para: a) uma maior preparação dos professores para a análise crítica, avaliação e utilização de produtos com características multimédia; b) o incremento da utilização deste tipo de produtos no processo de ensino e aprendizagem; c) índices mais elevados em termos de exigência de qualidade na concepção e produção de software educativo. Contando com o apoio expresso do Ministério da Educação, nomeadamente através do Programa Nónio Século XXI, e dos órgãos directivos de cada uma das escolas envolvidas (ver lista de escolas noutro local), o Projecto PEDACTICE contou, em Portugal, com uma equipa de investigação da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa e ainda com a participação de duas empresas ligadas à produção de software educativo, Porto Editora e Máquinas em Movimento. A relação entre produtores e utilizadores finais, mediada pela própria investigação foi, aliás, uma das mais-valias inerentes ao projecto e um dos pilares fundamentais do trabalho desenvolvido.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/3153
Appears in Collections:FPCE-UOE-DCAETE- Comunicações e Conferências

Files in This Item:

File Description SizeFormat
comunicacao46(modelo de avaliação).pdf425,2 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia