Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/3155
Título: A importância da adaptabilidade : a carreira, o indivíduo e a organização : estudo exploratório
Autor: Fontainhas, Leonor Teixeira, 1984-
Orientador: Duarte, Maria Eduarda, 1955-
Palavras-chave: Psicologia dos recursos humanos
Adaptabilidade
Satisfação profissional
Empenhamento organizacional
Turnover
Teses de mestrado - 2008
Data de Defesa: 2008
Resumo: Neste trabalho procura-se explorar as relações que a adaptabilidade tem com a satisfação profissional, o empenhamento organizacional e a intenção de turnover. As hipóteses apontam para: a inexistência de relações entre adaptabilidade e intenção de turnover, bem como entre adaptabilidade e os empenhamentos afectivo e normativo; a existência de relação positiva entre a adaptabilidade e a satisfação profissional; a existência de relação negativa entre a adaptabilidade e o empenhamento de continuidade; e existência de relações negativas entre a intenção de turnover e a satisfação, bem como entre a intenção de turnover e o empenhamento. Os instrumentos (Inventário das Preocupações de Carreira, Inventário sobre a Satisfação Profissional, Questionário de Empenhamento Organizacional, e Escala de Intenção de Turnover) são aplicados a uma amostra de conveniência de 65 sujeitos, via e-mail. Os resultados da análise de correlações são, em geral, favoráveis às hipóteses formuladas. São apontadas consequências teóricas e empíricas e é documentada a importância da adaptabilidade para os indivíduos e para as organizações.
This study explores the relations between adaptability and other variables such as job satisfaction, organizational commitment, and turnover intention. It is hypothesized that: adaptability and job satisfaction are positively related; adaptability and continuance commitment are negatively related; job satisfaction and all forms of commitment relate negatively with turnover intention; affective and normative commitment are not related to adaptability; adaptability and turnover intention are not related. The instruments (Inventário das Preocupações de Carreira, Inventário sobre a Satisfação Profissional, Questionário de Empenhamento Organizacional, and Escala de Intenção de Turnover) are e-mailed to a random sample of 65 subjects. Results from correlation analysis generally support the hypothesized relations. Theoretical and empirical consequences are described as well as the importance of adaptability for the individuals and for the organizations.
Descrição: Tese de mestrado integrado em Psicologia (Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/3155
Aparece nas colecções:FPCE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd055928_Anexo_3.spv10,4 kBspvVer/Abrir
ulsd055928_Anexo_2.spv26,42 kBspvVer/Abrir
ulsd055928_Anexo_1.spv10,24 kBspvVer/Abrir
ulsd055928_Tese.pdf280,55 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulsd055928_Indice_Resumo_Agradecimentos.pdf33,91 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulsd055928_Capa.pdf32,87 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.