Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/32600
Título: Burden of disease and cost of illness of atrial fibrillation in Portugal
Outros títulos: Carga e custo da fibrilhação auricular em Portugal
Autor: Gouveia, Miguel
Costa, João
Alarcão, Joana
Augusto, Margarida
Caldeira, Daniel
Pinheiro, Luís
Carneiro, António Vaz
Borges, Margarida
Palavras-chave: Atrial fibrillation
Cerebrovascular disease
Cost of illness
Burden of disease
Disability-adjusted life years
Data: Jan-2015
Editora: Elsevier
Citação: Rev Port Cardiol. 2015;34(1):1-11
Resumo: Introduction and Objectives: Atrial fibrillation is the most prevalent sustained arrhythmia. This paper estimates the burden and cost of illness attributable to atrial fibrillation in Portugal based on demographic and health statistics. Methods: Mortality data by cause of death came from the European Detailed Mortality Database of the World Health Organization (WHO). Hospital data were taken from the Portuguese diagnosis-related groups database. The burden of disease was measured using DALYs (disability-adjusted life years), a metric adopted by the WHO. Costs studied included resource use and lost productivity. The burden and cost of illness are those attributable to atrial fibrillation and its main complication, ischemic stroke. Results: In Portugal, 4070 deaths were attributable to atrial fibrillation in 2010, corresponding to 3.8% of all deaths. In total, the burden of disease attributable to atrial fibrillation was estimated at 23 084 DALYs: 10 521 resulting from premature deaths (1.7% of the total DALYs due to death in 2010 in Portugal), and 12 563 resulting from disability. The total estimated direct costs attributable to atrial fibrillation at 2013 prices were 115 MD (million euros): 34 MD for inpatient care and 81 MD for outpatient care. Indirect costs resulting from lost production due to disability were estimated at 25 MD. Conclusions: Atrial fibrillation has an important social impact in Portugal due to its associated mortality and morbidity, and was responsible in 2013 for a total cost of 140 MD , about 0.08% of gross domestic product.
Introdução e objectivos: A fibrilhação auricular é a disritmia persistente mais prevalente. Pretendemos estimar a carga e custos da doenc¸a atribuíveis à fibrilhação auricular em Portugal com base nas estatísticas demográficas e de saúde. Métodos: Utilizou-se informação sobre mortalidade por causa da OMS-Europa. Dados hospitalares foram provenientes da base de dados dos GDH. A carga da doença foi medida pelos DALY (disability-adjusted life years) ou anos de vida perdidos ajustados por incapacidade, uma métrica adoptada pela Organizac¸ão Mundial de Saúde. Os custos incluíram os consumos de recursos e as perdas de produtividade. A carga e os custos da doença estimados são os atribuíveis à fibrilhação auricular e à sua principal complicação, o acidente vascular cerebral isquémico. Resultados: Em Portugal, no ano 2010, podem atribuir-se à fibrilhação auricular 4070 mortes correspondendo a 3,8% do total das mortes ocorridas. A carga da doenc¸a atribuível à fibrilhação auricular foi estimada em 23.084 DALY: 10.521 decorrentes das mortes prematuras (1,7% dos DALY por morte em Portugal em 2010) e 12 563 devidos à incapacidade gerada pela morbilidade. O total estimado de custos diretos para o sistema de saúde a prec¸os de 2013 atribuíveis à fibrilhação auricular foi de 115 MD (milhões de euros): 34 MD em internamento e 81 MD em ambulatório. Os custos indiretos gerados pela produção perdida devidos à incapacidade causada pela doença foram estimados em 25 MD. Conclusões: A fibrilhação auricular tem um importante impacto social em Portugal devido à mortalidade e morbilidade geradas, podendo-se-lhe atribuir em 2013 um custo total de 140 MD, cerca de 0,08% do produto interno bruto.
Descrição: © 2014 Sociedade Portuguesa de Cardiologia. Published by Elsevier España, S.L.U. All rights reserved.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/32600
DOI: 10.1016/j.repc.2014.08.005
ISSN: 2174-2049
Versão do Editor: https://www.sciencedirect.com/journal/revista-portuguesa-de-cardiologia
Aparece nas colecções:IMM - Artigos em Revistas Nacionais
FM-CEMBE-Artigos em Revistas Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Atrial_fibrillation.pdf693 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.