Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/3425
Título: Interacção e conhecimento : o trabalho colaborativo em aulas de Ciências da Terra e da Vida, no 10º ano de escolaridade
Autor: Almeida, Paulo Jorge de Carvalho Correia de, 1969-
Orientador: César, Margarida, 1958-
Palavras-chave: Interacção entre pares
Ensino das ciências
Apropriação de conhecimentos
Desenvolvimento de competências
Data de Defesa: 2004
Resumo: Vivemos tempos de mudança. Preparar os alunos para uma cidadania activa constitui um dos principais contributos do sistema educativo numa sociedade de conhecimento, caracterizada pelos avanços da Ciência e Tecnologia. Os alunos devem ter acesso a uma educação que fomente o desenvolvimento de competências sociais, cognitivas e afectivas, bem como a uma literacia científica que lhes permita serem cidadãos mais autónomos, críticos e responsáveis. O quadro de referência teórico baseia-se no socioconstrutivismo, dando especial relevo ao papel do trabalho colaborativo na apropriação de conhecimentos científicos e mobilização/desenvolvimento de competências. A natureza das tarefas e o contrato didáctico constituem elementos essenciais a estudar. Este estudo inclui-se no projecto Interacção e Conhecimento, no nível de investigação-acção, procurando responder a um problema surgido nas práticas docentes quotidianas: a necessidade de promoção da qualidade do ensino e da literacia científica. Assim, tem um nítido carácter de intervenção. Decorreu numa escola secundária a Norte da Grande Lisboa, numa turma do 10º ano de escolaridade, na disciplina de Ciências da Terra e da Vida. Os instrumentos de recolha de dados foram a observação participante, um instrumento de avaliação de competências, questionários, transcrições de gravações áudio ocorridas na Unidade de Ensino relativa à Origem da Vida, protocolos dos alunos, documentos vários e entrevistas. Os alunos trabalharam colaborativamente durante todo o ano lectivo. A análise dos dados ilumina o contributo das interacções entre pares para o progresso sócio-cognitivo e afectivo dos alunos, o desenvolvimento de competências, a apropriação de conhecimentos científicos e o sucesso académico em Ciências da Terra e da Vida. Alguns episódios interactivos analisados ilustram o papel do trabalho colaborativo nas diversas categorias indutivas que resultaram da análise dos dados, bem como o contributo para o desenvolvimento pessoal e profissional do professor/investigador.
We are living times of quick changes. Preparing the students for an active citizenship is one of the main contributions of the Educational System to a society of knowledge, shaped by the development of Science and Technology. Students must have access to a quality education which can promote the development of social, cognitive and affective competencies as well as a scientific literacy that will allow them to build up an autonomous, critical and responsible citizenship. The theoretical framework is based on the socio-constructivist paradigm, giving special relevance to the collaborative work in the appropriation of scientific knowledge and in the mobilization/development of several competencies. The nature of the tasks and the didactic contract are essential elements to be studied. This work is included in Interaction and Knowledge project, at an action-research level, trying to find answers to a problem that emerged from the daily teacher’s practice: the need to promote a quality education and the scientific literacy. Thus, it has a clear intervention nature. The project was developed in a secondary school situated in the Northern region of Lisbon, and included all students from a 10th grade class, during the classes of a subject called Earth and Life Sciences. The instruments for data collection were the participant observation, competencies evaluation tasks, audio transcriptions from records made during the Origin of Life teaching unit, the students’ protocols, varied documents and students’ interviews. The students worked in a collaborative way during the whole school year. Data analysis illuminate the positive contribution of peer interaction to students’ socio-cognitive and affective progress, to the development of several skills, to the appropriation of scientific knowledge, and to their academic achievement in the subject Earth and Life Sciences. The analysis of some interactive episodes illustrate the important role of collaborative work in several inductive categories which came out of the data analysis, and to the personal and professional development of the teacher/researcher.
Descrição: Tese de mestrado em Educação (Didática das Ciências), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Ciências, 2004
URI: http://hdl.handle.net/10451/3425
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc050507_tm.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.