Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3440

Título: O educador de infância e o jogo no desenvolvimento da criança
Autor: Serrão, Emília Maria Freitas Lopes
Orientador: Carvalho, Carolina, 1960-
Palavras-chave: Educação pré-escolar
Educador de infância
Desenvolvimento da criança
Jogo
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: O jogo reveste-se de uma importância acrescida na educação pré-escolar, trata-se de uma ferramenta a ser considerada pelo educador de infância e, como tal, deverá estar presente na sua prática pedagógica, em que a sua utilização deve ter uma intencionalidade educativa. O jogo é uma actividade fundamental na vida da criança. Através dele, a criança compreende o meio onde está inserida e desenvolve conhecimentos e competências necessários ao seu crescimento. Neste sentido, ao educador compete enfatizar o jogo como recurso para uma aprendizagem global das crianças. Esta investigação tem como objectivo geral conhecer as concepções dos educadores de infância sobre as potencialidades do jogo no desenvolvimento da criança e as suas práticas pedagógicas, nas áreas de actividades. A investigação tem como opções metodológicas dois níveis distintos mas complementares na recolha de dados, assente numa investigação de natureza descritiva. Num primeiro nível considera-se um estudo de caso que, através da observação da prática pedagógica de duas educadoras de infância nas áreas de actividades na educação pré-escolar, se procura compreender e aprofundar o problema do estudo. E, num outro nível, recorre-se à recolha de dados através de inquérito por questionário num universo mais amplo para complementar os dados decorrentes da observação e dar mais sustentabilidade às respostas das questões de investigação. Os resultados evidenciam que as potencialidades do jogo no desenvolvimento da criança podem ser condicionadas por múltiplas variáveis, das quais muitas podem ser manipuladas, especialmente, as que dependem do ambiente educativo, através da planificação e das estratégias adoptadas pelos educadores. As educadoras são da opinião que o jogo e a brincadeira são os alicerces para o desenvolvimento da criança e que potencializam aprendizagens, quer na vertente educativa, quer na vertente lúdica. Verifica-se que o jogo faz parte do dia-a-dia nas salas de educação pré-escolar, quer como actividade espontânea, quer como actividade orientada e que, na prática pedagógica das educadoras de infância, as actividades desenvolvidas através de jogos ocupam um lugar privilegiado na planificação, com maior incidência no desenvolvimento cognitivo e socioafectivo.
The game is import in pre-school education, it is a tool to be considered by the childhood educator and, as such, it must be present in pedagogical practice, where its use must have an educational intent. The game is a core activity in the child‟s life. Through it the child understands the environment and develops knowledge and skills throughout their process of growth. In this sense, the educator must emphasize the game as a resource for an effective learning of children. This research aims, at general, to know the conceptions of the childhood educators on the potential of the game in the development of the child and their teaching practices in the areas of activities. The research has as methodological options, two distinct but complementary levels, based on a descriptive study, first level it is considered a case study, by observing the pedagogical practice of two childhood educators we tried to understand and to deepen the issue underlying the problem of the study, based on the areas of activities in pre-school education. And, at another level, we use the data collected through a questionnaire survey in order to complement de data from the observation, and to provide more sustainable answers of research question. The results suggest that the potential of the game in the development of the child can be influenced by different variables, many of which can be manipulated, specially, those depending from the educational environment, through the planning and the strategies adopted by the educators. According to the childhood educators the game and the play are the foundations for the development of the child, enhancing learning, whether educational side or playful side. The research reveals that the game is part, on a daily basis, of the classrooms of pre-school education, whether as a spontaneous activity, or as an oriented activity and that through the pedagogical practice of the childhood educators, the activities carried out by games have a privileged place in the planning, with a greater impact on the cognitive and socio-emotional development.
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/3440
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc055580_tm_Emilia_Serrao.pdf3,33 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE