Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3558

Título: Os recursos cartográficos e as bases de autoridade: normas e aplicações
Autor: Domingues, Sandra Cristina Neves Fernandes
Orientador: Dias,Maria Helena,1952-
Palavras-chave: Bases de dados bibliográficas
Ficheiros de autoridade
Normalização
Cartografia
Mapotecas
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2010
Resumo: Este estudo centra‐se nas questões associadas ao controlo e trabalho de autoridade, tendo por base as menções de responsabilidade dos recursos cartográficos. Analisam‐se, no capítulo I, as bases de dados em bibliotecas portuguesas e estrangeiras, tendo em conta os princípios internacionais que regem a construção dos registos de pessoa e colectividade e o cumprimento dos seus objectivos gerais. Descreve‐se e sintetiza‐se a evolução das normas e formato que suportam essa construção, assim como se elabora, com base nas orientações estipuladas pela IFLA e pela agência bibliográfica nacional, um resumo dos elementos descritivos que neles devem constar (capítulo II). A anteceder a aplicação, apresentada no capítulo IV, analisam‐se alguns dos intervenientes na produção cartográfica e o modo do seu tratamento, a relação entre as bases de autoridade e as bibliográficas e, finalmente, a aplicação dos códigos de função e a sua adequação (capítulo III). Este estudo pretende defender dois aspectos fundamentais no trabalho de autoridade associado aos recursos cartográficos: a) os registos de um autor nem sempre podem ser dissociados dos tipos de documento por ele produzidos; b) as bases de dados de autoridade, apoiadas na crescente evolução tecnológica, tornar‐se‐ão, a médio ou curto prazo, recursos de informação autónomos de elevado valor, tanto para os documentalistas, como para a generalidade dos utilizadores.
ABSTRACT: This study focuses on issues related to the control and authority work, based on the statements of responsibility of cartographic resources. It examines, in Chapter I, the databases in both Portuguese and foreign libraries, taking into account international principles governing the construction of the records of the person and corporate body and attaining its overall objectives. This article describes and summarizes the evolution of standards and formats that support this construction, as well as being established on the basis of guidelines laid down by IFLA and the national bibliographic agency, a summary of the descriptive elements that must appear there in (Chapter II). Prior to the application presented in Chapter IV, we examine some of those involved in map production and mode of treatment, the relationship between the bases of authority and bibliographics and finally, the code enforcement function and suitability (Chapter III). This study intends to defend two key aspects of the work of authority associated with the cartographic resources: a) the records of an author may not always be separated from those types of document produced by the author, b) the databases of authority, supported by technological growth will become, in the medium or short term, autonomous information resources of high value, both for the information officers, as for users in general.
Descrição: Tese de mestrado, Ciências da Documentação e Informação, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/3558
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfl072374_tm.pdf10,93 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE