Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Instituto de Educação (IE) >
IE - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3573

Título: Arquitectura flexível e pedagogia ativa : um (des)encontro nas escolas de espaços abertos
Autor: Gonçalves, Rita de Cássia Pacheco, 1956-
Orientador: Nóvoa, António, 1954-
Palavras-chave: Arquitectura escolar
História da educação
Pedagogia
Teses de doutoramento - 2011
Issue Date: 2011
Resumo: O presente estudo incide sobre uma experiência de arquitetura escolar construída na década de 1970, que se caracterizava por salas abertas ou por paredes móveis e mobílias que permitiam a ampliação ou redução do tamanho das salas, a fim de agrupar turmas, organizar os alunos em pequenos grupos, reunir professores para um trabalho conjunto, enfim, permitir a flexibilidade dos espaços, dos agrupamentos de alunos, do currículo, da organização pedagógica. Tais ideias arquitetônicas e pedagógicas foram difundidas, instruídas e financiadas por organismos internacionias e resultou em escolas construídas cuja apropriação ressignificou seus sentidos e significados. Por toda a parte, a proposta foi contestada e poucos anos depois, quase nenhuma escola construída sob aquelas ideias mantinha os espaços abertos e flexíveis. Compreender as relações entre arquitetura e pedagogia, e as dinâmicas de atração, acolhimento, apropriação e vivências da arquitetura internacional das escolas de espaços abertos, nos âmbitos da Argentina, Brasil e Portugal é o objetivo da tese. A metodologia de recolha e análise dos dados inspira-se na história cultural, em especial, nas teses das culturas materiais da escola e nos estudos da difusão mundial de ideias. Considerando a arquitetura escolar como uma construção sócio-histórica constituinte das culturas escolares, no âmbito deste trabalho, ela representa, além de objeto de estudo, fonte de informações.
This study focus on the experience of school architecture built in the 1970s, which was characterized by open rooms or movable walls and furniture that allowed to reduce or enlarge the size of the rooms in order to group classes, organize students into small groups, gather teachers together to work, that is, the flexibility of spaces, of students’ groups, of the curriculum, as well as of the teaching organization. Such architectural ideas and methodologies were disseminated, and financed by international organizations and resulted in schools being built whose appropriation reframed their meanings. Everywhere, the proposal was challenged and a few years later, almost no schools built on those ideas kept open and flexible spaces. Understanding the relationship between architecture and pedagogy, and the dynamics of attraction, reception, appropriation and experiences of international architecture of schools with open spaces in areas of Argentina, Brazil and Portugal, is the purpose of the study. The methodology for collecting and analyzing data is drawn on the cultural history, especially the theses of the material cultures of the school and the studies of the global dissemination of ideas. Considering the architecture as a socio-historical component of school cultures, in this work, it represents, in addition to the object of study, also a source of information.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (História da Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/3573
Appears in Collections:IE - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd60708_td_Rita_Goncalves.pdf8,13 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE