Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/35782
Título: Behavioral Economics and Healthcare
Autor: Torres, André Filipe Machado Pinto
Orientador: Loureiro, Rui Miguel Dias
Palavras-chave: Arquitetura das escolhas
Economia comportamental
Irracionalidade
Saúde
Data de Defesa: 2016
Resumo: A Economia Comportamental é uma Ciência Social que permite estudar o processo de tomada de decisão dos indivíduos e determinar qual o impacto socioeconómico das escolhas por si realizadas. Para tal, ao contrário da Teoria Económica Tradicional que estuda o cidadão de um ponto de vista puramente racional, focando-se excessivamente na otimização da relação custo-benefício, a Economia Comportamental interpreta a irracionalidade por detrás das escolhas tomadas e da incapacidade do ser humano compreender totalmente as escolhas que lhe são apresentadas, podendo estas ter origem em ideias pré-concebidas e erros sistemáticos que acabam por moldar o nosso comportamento. São muitas as áreas em que os conceitos teóricos de BE têm vindo a ser postos em prática e cada vez mais procuram-se reunir esforços para que a área da Saúde seja uma delas. A Saúde, por ser um caso particular no que toca ao estudo Económico, devido às suas idiossincrasias, não pode ser estudada de uma forma excessivamente racional. Como tal, alguns dos seus problemas devem também ser analisados através de uma perspetiva comportamental, nomeadamente através dos pressupostos da Behavioral Economy. Com o objetivo de determinar de que forma esta área de estudo pode ser utilizada para potenciar o sucesso obtido na área da Saúde, através desta monografia procuro rever os principais conceitos desta Ciência Social, demonstrando a forma como os mesmos já foram postos em prática no passado, sugerindo ainda outras aplicações que poderão ser executadas no futuro.
Behavioral Economy is a Social Science that studies the decision making process of individuals with the goal of determining its social-economic impact. Unlike the Traditional Economic Theory which studies our behavior from a rational point of view focusing excessively in the optimization of the cost-benefit ratio, Behavioral Economics interprets the irrationality that’s hidden in our decisions and also our inability to comprehend the choices that are presented to us. This irrationality and inability to comprehend arise from pre-conceived ideas and bias that ultimately are able to shape our behavior. There are plenty of areas in which the theoretical concepts of Behavioral Economics have been applied and nowadays researchers are trying to apply those concepts to the Health Sector seeking better results and solutions to some of the problems that arise in this field. Due to its specifications, Health cannot solely be studied by an economic and excessively rational point of view. With that in mind, some of its problems should be approached through a behavioral perspective, which can be accomplished by using the assumptions of Behavioral Economy. With the goal of determining in which way this field of study can be used to potentiate the success in the Healthcare Sector, with this thesis I intended to review the main concepts that make the basis of this Social Science, showing evidence of some interventions that were made in the past and suggesting others that someday can be put to practice.
Descrição: Trabalho Final de Mestrado Integrado, Ciências Farmacêuticas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2016
URI: http://hdl.handle.net/10451/35782
Designação: Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas
Aparece nas colecções:FF - Trabalhos Finais de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MICF_Andre_Torres.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.