Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Reitoria (REIT) >
REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3614

Title: A pessoa em fim de vida e família : o processo de cuidados face ao sofrimento
Authors: Cerqueira, Maria Manuela Amorim, 1963-
Advisor: Pereira, Aurora, 1959-
Barbosa, António, 1950-
Keywords: Cuidados de enfermagem
Cuidados a doentes terminais
Fim de vida
Sofrimento
Hospitais
Cuidados paliativos
Teses de doutoramento - 2010
Issue Date: 2010
Abstract: A doença incurável confronta a pessoa com mudanças radicais que resultam em sofrimento humano. Acompanhar esta fase realça a importância do cuidar humano, destacando-se o papel do enfermeiro com intervenções propiciadoras de uma melhor qualidade de vida e preservação da dignidade da pessoa. Constitui-se objectivo deste estudo: compreender as dinâmicas do processo de cuidados mobilizados pelos enfermeiros face ao sofrimento da pessoa em fim de vida e família num hospital de agudos tendo como finalidade contribuir para o desenvolvimento de estratégias de intervenção favoráveis ao alívio do sofrimento da pessoa em fim de vida e família e para o processo de formação em enfermagem nesta área. Estudo de natureza qualitativa, com recurso a multi-técnicas (observação não participante, entrevistas semi-estruturadas e consulta documental) em unidades de medicina. No estudo participaram enfermeiros, pessoas em fim de vida e família. Os dados foram analisados segundo o referencial teórico e metodológico da grounded theory utilizando-se o paradigma de Strauss e Corbin (2002) e sustentados no interaccionismo simbólico. Os resultados obtidos sugerem que o processo de acções e interacções dos enfermeiros na resposta ao alívio do sofrimento da pessoa em fim de vida e família assentam em dois paradigmas de intervenção que co-existem nas unidades de medicina. Uns enfermeiros desenvolvem intervenções centradas na pessoa privilegiando as várias dimensões do sofrimento humano, outros desenvolvem intervenções centradas na patologia. Contudo, evidencia-se uma evolução progressiva do cuidar biomédico para um cuidar mais próximo do cuidado paliativo. As dinâmicas utilizadas pelos enfermeiros no cuidar a pessoa em fim de vida e família, expressam a atribuição de significados ao sofrimento humano e como estes orientam este processo. Sobressai deste estudo que o sofrimento deve ser considerado um sinal vital, integrando necessária e substancialmente a praxis ajustada numa visão integradora das múltiplas dimensões da pessoa em fim de vida e família.
The incurable disease confronts the person with radical changes which result in human suffering, distinguishing the nurse’s role with propitiating interventions of a better quality of life and the preservation of the person’s dignity. The objective of this study: to understand the dynamics of the process of mobilized care by nurses regarding the suffering of the person at life’s end and family in an acute hospital with the objective of contributing to the development of strategies of favorable intervention in the relief of suffering of the person at life’s end and family and for the formation process in nursing in this area. The study of a qualitative nature, resorting to multi – techniques (non-participating observation, semi-structured interviews and documental consultation) in medicine units. Nurses and people at life’s end and families participated in this study. The data was analyzed according to the theorical and methodological referential from the grounded theory using the Strauss and Corbin Paradigm (2002) and based on symbolic interactionism. The results obtained suggest that the process of actions and interactions by nurses in response to the relief of suffering of the person at life’s end and family are set on two paradigms of intervention which co-exist in the medicine units.. Some nurses develop interventions concentrated on the person privileging the various dimensions of human suffering; others develop interventions concentrated on the pathology. However, there is evidence of a progressive evolution from bio-medic care to a care closer to palliative care. The dynamics used by nurses in the care of the person at life’s end and family, express the attribute of meanings to human suffering and how these orientate this process. It is highlighted in this study that suffering should be considered a vital sign, integrating the necessary and substantial praxis adjusted in an integrating vision of the multiple dimensions of the person at life’s end and family.
Description: Tese de doutoramento, Enfermagem, Universidade de Lisboa, com a participação da Escola Superior de Enfermagem, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/3614
Appears in Collections:REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd60757_td_Anexos_e_Apendices.pdf4.22 MBAdobe PDFView/Open
ulsd60757_td_Maria_Cerqueira.pdf3.71 MBAdobe PDFView/Open
ulsd60757_td_Capa_e_contracapa.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE