Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3616

Título: A Bioquímica: uma "ciência de fronteira"
Autor: Vital, Miguel de Avelar Santos Fezas
Orientador: Pombo, Olga, 1946-
Palavras-chave: Bioquímica
Emergência da bioquímica
Estudos bioquímicos
Interdisciplinaridade
Unidade da ciência
Figuras da unidade da ciência
Desenvolvimento pré-paradigmático
Teses de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: De forma a mostrar como o exemplo particular da emergência da bioquímica pode ilustrar uma tendência para a unidade da ciência interdisciplinar que julgo estar por detrás de todo o progresso científico, estudei as interconexões entre a biologia e a química que permitem explicar o processo da emergência da disciplina. Dividi o trabalho em duas partes. Na primeira, apresentei um estudo sobre vários aspectos cognitivos e institucionais relativos à emergência da bioquímica que permitem compreender o carácter interdisciplinar da disciplina. Conclui que a bioquímica é uma ciência de fronteira cuja emergência teve por base práticas interdisciplinares de importação. Conclui também, utilizando algumas teses de Thomas Kuhn, que houve um período pré-paradigmático relativamente extenso na emergência da bioquímica. Na segunda parte do trabalho, apresentei um estudo sobre o impacto exercido na emergência da bioquímica pelas figuras da unidade da ciência, como descritas por Olga Pombo (2006). São essas “figuras” – a república dos sábios, a escola, a biblioteca, o museu e a enciclopédia – que criam as condições necessárias para a articulação das diferentes ciências, evitando a completa dispersão dos conhecimentos. Pude concluir que essas figuras estiveram presentes tanto num momento anterior à emergência da bioquímica, como no momento em que esta disciplina acabava de alcançar o seu primeiro paradigma, o que revela uma elevada maturidade da mesma. Na conclusão do trabalho, apontei o sentido de uma possível investigação futura no âmbito das questões interdisciplinares que envolvem a bioquímica. Mostrei ainda como alguns aspectos relativos a processos bioquímicos que estão a ser investigados na actualidade podem ser interpretados sob uma perspectiva não reducionista que serve uma unidade da ciência interdisciplinar.
In order to show how the particular example of the emergence of biochemistry can illustrate a tendency for an interdisciplinary unity of science that I think is behind all scientific progress, I studied the interconnections between biology and chemistry that can explain the process of the emergence of the discipline. I divided the work in two parts. In the first part, I presented a study about various intellectual and institutional aspects regarding the emergence of biochemistry that show the interdisciplinary character of the discipline. I concluded that biochemistry is a frontier science which had in the basis of its emergence interdisciplinary practices of importation. I also concluded, using some of Thomas Kuhn’s thesis, that there was a relatively long preparadigmatic period in the emergence of biochemistry. In the second part of the work, I presented a study about the impact exerted on the emergence of biochemistry by the figures of the unity of science, as described by Olga Pombo (2006). These figures – the republic of the wise, the school, the library, the museum, and the encyclopedia – create the necessary conditions for the articulation of the different sciences, avoiding the complete dispersion of knowledge. I was able to conclude that these figures were present both before the emergence of biochemistry and in the moment the discipline had just attained its first paradigm, which indicates a high level of maturity of the discipline. In the conclusion of the work, I pointed in the direction of a possible future investigation regarding the interdisciplinary aspects that surround biochemistry. Also I showed some aspects related to biochemical processes that are being investigated presently, which can be interpreted under a non reductionist perspective that serves an interdisciplinary unity of science.
Descrição: Tese de mestrado, História e Filosofia das Ciências, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/3616
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulfc055855_tm_Miguel_Vital.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia