Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3656
Title: Tradução automática e linguagens controladas: contributos para um português controlado
Author: Gomes, Ana Lucrécia Madeira
Advisor: Marrafa, Palmira,1948-
Keywords: Tradução automática
Processamento da linguagem natural
Língua portuguesa
Teses de mestrado, 2011
Defense Date: 2010
Abstract: A linguagem natural ainda coloca vários problemas tanto ao seu processamento automático, em geral, como à tradução automática, em particular, devido a fenómenos como a ambiguidade, os processos de inferência e, no caso dos sistemas que envolvem a fala, certas características da oralidade. As linguagens controladas constituem uma estratégia para adaptação dos textos a serem traduzidos por sistemas de tradução automática, de forma a obterem-se outputs aceitáveis. A presente dissertação justifica-se, na medida em que se desconhecem propostas de elaboração de uma linguagem controlada para o português europeu. Neste trabalho analisa-se a utilidade das linguagens controladas no âmbito da tradução automática e oferece-se um contributo para a construção de um fragmento de um Português Controlado. A partir da tradução automática de frases que integram determinados fenómenos linguísticos, entre os quais expressões verbais complexas, sujeito nulo, alternâncias verbais, modalidade e uso de determinantes, sistematizam-se formas de controlar estes fenómenos no sentido acima referido. Os resultados a que se chegou no âmbito do presente trabalho demonstram que um possível Português Controlado há que encontrar formas de essencialmente veicular o sentido expresso por alguns enunciados ambíguos ou de difícil processamento automático. O presente trabalho assume uma importância particular, na medida em que contribui para a investigação no âmbito das linguagens controladas em língua portuguesa, que constituem ainda um domínio de investigação pouco explorado.
Abstract: Natural language still poses some challenges to computational processing, as well as to machine translation. Among the features particular to natural language and that can be an obstacle to computational processing are ambiguity, inference and, in the case of spoken-language machine translation systems, some features of oral speech. This dissertation is relevant for it gives a contribution to the construction of a controlled language for European Portuguese, having in mind that one ignores such a proposal. This study provides an analysis on the utility of controlled languages for machine translation. The analysis in this dissertation begins with the machine translation of some linguistic phenomena such as complex predicates, null subject, verbal alternations, modality and the use of determiners in English. The machine translation of such phenomena aimed then at finding possible ways of controlling them in order to achieve an acceptable output. The results of this study show that a future controlled Portuguese has to essentially convey the meaning expressed by some linguistic structures that are difficult for computational processing. This dissertation is of particular importance, as it contributes to the research on controlled languages in Portuguese, which is an unexplored field of investigation in Portugal.
Description: Tese de mestrado, Tradução, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras,2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/3656
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ulfl082230_tm.pdf545,06 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.