Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Reitoria (REIT) >
REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/3815

Title: O cuidado confortador da pessoa idosa hospitalizada : individualizar a intervenção conciliando tenções
Authors: Oliveira, Célia Maria Gonçalves Simão de, 1960-
Advisor: Lopes, Manuel José
Basto, Marta Lima
Keywords: Pessoa idosa
Conforto
Cuidados de enfermagem
Teoria fundamentada nos dados
Teses de doutoramento - 2010
Issue Date: 2011
Abstract: O confortar constitui uma marca da enfermagem, que desejavelmente se concretiza na experiência de conforto do cliente. O confortar e o conforto são fenómenos incontornáveis, sob os pontos de vista disciplinar e profissional. Apesar dos desenvolvimentos teóricos que apontam a interacção enfermeira-cliente como o cerne do confortar, não é claro como são compatibilizadas as perspectivas e objectivos em presença – os do cliente e os da enfermeira –, nem como são enfrentadas as condicionantes contextuais. Procurou-se compreender como a enfermeira constrói, com a pessoa idosa hospitalizada, um cuidado susceptível de ser percebido como confortador. Recorreu-se: ao método da Grounded Theory; à observação participante e à entrevista para recolha de dados; ao método das comparações constantes para a sua análise; e à amostragem teórica. Os participantes foram pessoas idosas hospitalizadas e as enfermeiras que lhes prestaram cuidados (díadas). Foram respeitados os princípios éticos aplicáveis e salvaguardado o rigor exigível face ao método e ao paradigma de investigação. Dos achados, salienta-se o contexto condicional do fenómeno: Desafio profissional: Apelo e propósito, imprevisibilidade e tensão; e os processos mediante os quais a enfermeira constrói um cuidado confortador: ir conhecendo o cliente pela procura incessante da sua pessoa, e, gerir conforto e risco pela adequação do cuidado corrente ao particular de cada pessoa idosa, com recurso a diversos padrões de intervenção face ao perfil de risco/desconforto identificados. Estes articulam-se para consubstanciar o processo de confortar a pessoa idosa hospitalizada, explicado pela teoria substantiva emergente. Assim, o cuidado confortador da pessoa idosa hospitalizada, em contexto de desafio profissional, é construído através de um processo de individualização da intervenção de enfermagem, que permite, por um lado, conciliar as tensões em presença, nomeadamente, as associadas a objectivos terapêuticos concorrentes, e por outro, possibilita à pessoa idosa, sentir-se confortada.
Comforting is a nursing benchmark which, will helpfully result in an experience of comfort for the client. Comforting (the process) and comfort (the state or outcome) are unavoidable nursing phenomena, in both perspectives, disciplinary and professional. Despite the theoretical developments which show the nurse-client relationship as the core of comforting, it is not clear how both nurse´s and client´s different perspectives and goals become compatible, and neither how the contextual conditions are faced. The main aim was to understand how the nurse builds a nursing care that is perceived by the aged inpatient as a comfort one. For this purpose, the method chosen was the grounded theory and for data collection the participant observation and interview, followed by its analysis through the use of constant comparative method. The theoretical sampling was used and participants were the aged inpatients and the nurses who care for them (dyads). Ethical principles and rigor strategies underpinning the research method and paradigm were respected. In the results, we emphasize the phenomenon conditional context: Professional challenge: Appeal and purpose, unpredictability and tension; and the processes through which the nurse builds a comfort care: knowing the client, through a constant search in the aged person, and management of comfort and risk, through tailoring the daily care toward each one, using different intervention patterns, toward the known personal risk/discomfort profile. Those links together, to raise the comforting process of the aged inpatient person, explained through an emergent substantive theory. So, in a challenging professional context, the comfort care, to and with, the aged inpatient person, is build through a process of individualization of nursing care, which helps to conciliate actual tensions, namely those linked with concurrent therapeutic goals, and makes it possible for aged people to feel comforted.
Description: Tese de doutoramento, Enfermagem, Universidade de Lisboa, com a participação da Escola Superior de Enfermagem, 2011
URI: http://hdl.handle.net/10451/3815
Appears in Collections:REIT - Teses de Doutoramento (Enfermagem)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ulsd060949_td_Celia_Oliveira.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE